domingo, 22 de outubro de 2017

José de Alencar

Olá amores, tudo bem com vocês?

Hoje eu trago um especial de mais um autor brasileiro. Dessa vez iremos conhecer melhor sobre a vida e a  obra de José de Alencar.




B I O G R A F I A

José  Martiniano de Alencar foi um romancista, dramaturgo, jornalista, advogado e político brasileiro. Foi um dos maiores representantes da corrente literária indianista e destaca-se com o livro O Guarani, publicado como folhetim no Diário do Rio de Janeiro.

Nascido no dia 1 de Maio de 1829 em Messejana, no Ceará. Era filho ilegítimo do senador do império José Martiniano Pereira de Alencar e de sua prima em primeiro grau Ana Josefina de Alencar.

Em 1847 escreveu seu primeiro romance "os contrabandistas" uma obra inacabada.  Em 1850 após concluir o curso de Direito, exerceu pouco a profissão, quatro anos depois ingressou no correio Mercantil na sessão "ao correr da pena" onde escrever outros acontecimentos sociais as estreias de peças teatrais e os livros e as questões políticas.
Veio a falecer aos 48 anos no Rio de Janeiro, vitima de uma tuberculose, deixando seis filhos, inclusive Mário de Alencar, que seguiria a carreia de letras do pai.




O B R A S

1. Cnco Minutos, romance, 1856;
2.Cartas Sobre a Confederação dos Tamoios, crítica, 1856;
3. O Guarani, romance, 1857;
4. Verso e Reverso, teatro, 1857;
5. A Viuvinha, romance, 1860;
6. Lucíola, romance, 1862;
7. As Minas de Prata, romance, 1862-1864-1865;
8. Diva, romance, 1864;
9. Iracema, romance, 1865;
10. Cartas de Erasmo, crítica, 1865;
11. O Juízo de Deus, crítica, 1867;
12. O Gaúcho, romance, 1870;
13. A Pata da Gazela, romance, 1870;
14. O Tronco do Ipê, romance, 1871;
15. Sonhos d'Ouro, romance, 1872;
16. Til, romance, 1872;
17.Alfarrábios, romance, 1873;
18. A Guerra dos Mascate, romance, 1873-1874;
19. Ao Correr da Pena, crônica, 1874;
Senhora, romance, 1875;
20. O Sertanejo, romance, 1875.




P R Ê M I O S

Grande expoente da literatura brasileira do século XIX, não alcançou a fundação do Silogeu Brasileiro. Coube-lhe, entretanto, a homenagem de ser patrono da cadeira 23 da academia.



Bom meus amores, eu espero de coração que vocês tenham gostado. 

Até a próxima! 

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Autora Daya Alves

Olá meus amores, tudo bem?

Hoje nós iremos entrevistar a escritora Daya Alves, autora da comédia romântica "Estarei Aqui" e ele já foi resenhado aqui no blog. Para você curtir essa resenha fofa - que não é porque eu que fiz mas a história é tão boa que vocês vão amar - basta procurar ela na aba resenhas.





Daya é paulistana, casada e mãe de dois filhos lindos. Apesar da formação em tecnologia em Radiologia, com pós-graduação em docência, sua paixão sempre foi a literatura. Desde criança seu passatempo preferido era a escrita. Ela descobriu nas palavras sua maior alegria e a cura para as tristezas da alma.
V A M O S   A S    P E R G U N T A S

1. Qual é a inspiração para escrever o seu livro?

"A inspiração para o Estarei Aqui saiu de um episódio do seriado Greys Anatomy, associada a história de algumas amigas que passaram por desilusões amorosas."

2. Como você começou a escrever?

"Escrevo desde criança, porém tinha vergonha de mostrar as pessoas, depois de uma depressão e uma procura sobre formas de aliviar meu processo de cura, comecei a postar em uma plataforma online onde logo na estreia foi um grande sucesso."

3. Quais são os seus hobbies?

"Ler, escrever, assistir seriados, cuidar dos meus dois filhos e passear com eles."

4. Como você se vê como pessoa?

"Me vejo como um ser humano em construção em busca de dar o meu melhor para o mundo."

5. Quais são as suas influências literárias?

"Romance, as autoras de comédia romântica Rachel Gibson, Sophie Kinsella, romance histórico Julia Quinn, e romance Judith Macgnaut."

6. Em uma narrativa, qual pessoa você prefere primeira ou terceira?

"Não tenho preferências, depende de como o personagem nasce e o decorrer da narrativa."

7. Quais foram os livros que marcaram a sua vida?

"Pollyanna, Tudo por Amor, O diario de Bridget Jones."

8. O que você faz nas horas vagas?

"Horas livres? O que é isso? rsssss"

9. Possui outras obras?

"Sim,o romance Amor Abstrato em processo de publicação, o romance Bem me Quero em revisão (estou a procura de editora) e a continuação do romance Estarei Aqui, chamado Continuarei Aqui."
10. Os personagens que você escreve são inspirados em pessoas reais?

"Alguns sim são inspirados em pessoas que conheci ao longo de minha vida, outros fazem parte de um processo de criação da história."

11. Suas histórias são inspiradas em algo real?

"Algumas sim, busco em meus livros trazer mensagens de reflexões sobre problemas de nosso dia a dia e busca de melhor compreensão dos sentimentos humanos."

12. Como você vê seu livro?

"Vejo como uma comédia bastante romântica que faz rir e suspirar."

Espaço bônus: recado para os fãs.

"Para meus fãs e leitores da literatura nacional toda a Gratidão do mundo!"
Bom meus amores, eu espero de coração que vocês tenham gostado. Eu amo fazer esse programa porque é sempre bom conhecer melhor o autor do livro em que lemos.
Até a próxima!


sexta-feira, 13 de outubro de 2017

32ª edição da Feira do Livro Sesc Manaus

Olá meus amores! tudo bem com vocês?

Pessoal, hoje foi um dia muito cheio mas eu já explico para você isso porque. Desde o dia 10 aqui em Manaus está tendo a 32ª edição da Feira do Livro Sesc e ela vai continuar acontecendo até o dia 14 desse mês. Claro que o blog Eureka Mundo, não poderia deixar de trazer para vocês essa novidade.

O evento ocorre no centro de convivência Vasco Vasques do lado da arena da Amazônia aqui em Manaus. Aquele salão inteiro esteve rodiado de livros e isso é INCRÍVEL! 

Lá te teve de tudo: palhaços, estandes de livros das principais livrarias que existe aqui em Manaus, estandes de editoras, autores amazonenses expondo seus livros em uma mesa redonda,  e essa mesa falou sobre muitos temas literários e contemporâneos.



Escritoras amazonenses que lançaram seus livros na Feira do Livro.




Curte só esse vídeo com algumas das exposições das artes na Feira.


Teve exposição de artes, espaço anime com muito mangá  e caricaturas, teve espaço de arte para registrarmos nossos nomes, e muito cinema.

Artes, mangás e caricaturas.
O tema da feira era formas e cores da Amazônia, e tinha muita homenagem aos nossos escritores amazonidas.





A feira trouxe um espaço escritor, onde homenageou o escritor Moacyr Andrade, gente foi lindo aquilo, pude vê a realidade da arte do autor com a disposição das peças vindo do Instituto Amazônia.
Olha só o corinho do Moacyr Andrade
Eu e o personagem do Moacyr Andrade


Teve ainda um Planetário e essa é a questão mais chata que teve, porque eu não consegui ir lá e vê (estou triste).

Amei participar e conhecer os espaços de recreação, um excelente passeio para as familias manauaras.

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Arco-iris de nove cores

Olá meus amores! 

Hoje nos iremos embarcar no universo do livro da Any Palim, "Arco-íris de nove cores", ele foi lançado pela editora Chiado.

Essa será a menor resenha da minha vida, mas não será porque eu não tenha gostado mas sim porque vocês necessitam observar esse livro como eu observei.



Vamos entrar na vida de Any, mas ela não é uma "garota comum". Ela sofre com uma sentença dada por conta de uma doença degenerativa que a permitiria viver somente até os 20 anos, porém ela não tem apenas que conviver com essa sentença mas sim com todos os outros problemas que envolvem sua vida: sua mãe problemática e seu irmão suicida.

Percebam que Any tudo para desistir, mas ao invés de desistir ela decidiu lutar. 



Ela prendeu que deveria se manter com os seus pés no chão e jamais permitir que a esperança se apagasse.

A palavra desse livro é S-U-P-E-R-A-Ç-Ã-O. Sim, superação. Estamos lidando com uma personagem que em meio ao preto e o branco ela viu um arco-íris e o pintou, mas não foi somente com sete cores mas sim com nove delas. Observe em que estamos falando de uma biografia e o exemplo de superação que autora pode nos trazer.



Esse é um livro em que podemos enxergar que a vida não é fácil e que para alguns pode tornar-se insuportável. Mas também podemos compreender que cabe a cada um de nós decidir como levá-la, tendo em vista que a forma como iremos encará-la trará atitudes que permitiram escolher as melhores opções.

Não pensei que é um livro auto-reflexivo, pensem que os ensinamentos dados são para uma vida boa. Como assim? São tão preciosos estes ensinamentos que mudaram o estilo de vida e a forma como você encara, e por consequente, te trará uma boa vida.



Esse livro deve ser lido por todo mundo, assim nós iremos perceber que a vida não passa de uma questão de ponto de vista de discernimento de compreensão.

E é nesse ritmo  de lição de vida que eu encerro essa resenha com a total certeza de que quando eu disse que ia criar um blog e inicie essa ideia, eu jamais poderia imaginar que chegaria em minhas mãos livros que me trouxeram tanta riqueza para minha vida.



Agradeço primeiro a Deus que tem me sustentado até aqui, agradeço imensamente à autora por ter me confiado seu trabalho, que tenho certeza que é muito importante para ela e agradeço a você, caro leitor que sempre está por aqui me ajudando no que eu preciso.

Vocês podem adquirir esse livro com a autora, basta ir na aba autores parceiros. 

Até a próxima!

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Parceria com a Editora BV Books

Olá meus amores!

Tudo bem?

Hoje eu vou falar para vocês sobre a minha parceria com a editora BV Books. Ela é minha primeira editora parceira e merece um post só dela!

A BV BOOKS é uma editora cristã, que além de vender bíblias e livros de auto-ajuda ela também vende títulos que enriquecem nossas vidas.



O blog Eureka Mundo e o a Editora BV Books fechamos a parceria com três livros, esse todos são da Tessa Afshar. Ela é uma autora que se inspira nas histórias da bíblia e além de recriar aquele aspecto da época trás lições que servem como aprendizagem para todos nós.



Aqui no blog já teve as resenhas dos livros da BV Books, vocês encontram elas na aba "resenhas". Caso você seja uma pessoa que queiram conferir o site da editora e conhecer seus livros, basta clicar aqui.

Agradeço de coração à editora que confiou em meu trabalho e me presenteou com esses livros tão maravilhosos! Para quem está no insta basta usar a #eurekamundo e conferir as resenhas.


Até a próxima!

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Cai o pano

Olá meus amores tudo bem?

Hoje eu vou trazer mais um título da minha escritora favorita, que para vocês não é surpresa, Agatha Christie.

Como resenhar um livro que acabou de te deixar com uma baita ressaca literária? Mas vamos tentar.

Agatha Christie é e sempre será a rainha do crime, a sua inteligência é tão refinada que toda a vez que leio um livro dessa mulher é como se eu estivesse levando um tapa dela por eu me achar tão burra. Acreditem, são planos tão bem bolados que você ao lê o final fica sem compreender o motivo de não ter percebido antes.



Posso adiantar que foi um erro meu de ter pego logo esse livro do box para lê, agora todos os outros casos de Poirot eu vou lê com um aperto no coração ao saber que ele não está mais vivo e me lembrarei de como ele morreu.


Aqui nesta história encontraremos Hercule Poirot, em uma situação que jamais imaginaríamos: paralítico, fora do palco dos mistérios resolvidos e velho. Algo que Hastings, o leal companheiro e melhor amigo de Poirot, jamais imaginaria encontrar ou pelo menos tentou esquecer que esse dia chegaria.
Hastings volta ao palco de um assassinato, a cidadezinha pacata Styles. Sobre as instruções de Poirot, ele deverá ser os "olhos" e os "ouvidos" de Poirot e tentar desvendar o serial killer denominado X e tentar ao mesmo tempo evitar que ele mate mais uma vítima.
No passar das páginas vamos acompanhando o descrever de cada personagem, e presenciamos alguns acontecimentos que serão cruciais para desvendar quem é X.


Só posso dizer que X é como uma catálise,  uma verdadeira mistura de três substâncias que o tornam único e puro. Um criminoso por excelência.

Esse livro foi traduzido pela nossa saudosa Clarice Lispector, sim a escritora Lispector que também trabalhou como tradutora. E para quem quiser saber mais sobre a autora só ir na aba "especiais" e procurar pelo especial exclusivo dela onde eu falo um pouquinho da vida dela.



Após o desfecho dessa história temos o fiel amigo de Poirot, terminado o livro nos revelando a verdade sobre tooodaaa a trama! Adianto que quando na capa fala que é o último caso de Poirot, ela realmente não brincou.

A narrativa é o melhor ponto da Agatha, deixando fluir da melhor forma tendo em vista que ela cria uma armadilha para que nos venhamos cair. E disso, meu caro leitor, você não conseguirá escapar por mais alerta que esteja. Eu sou a prova viva que já li vários títulos dela e sempre caio. Os capítulos são médios e curtos dependendo do momento da história, mas no total não passa de 270 páginas.



Bom meus amores eu espero que vocês tenham gostado!

Até a próxima!

sábado, 7 de outubro de 2017

A última peça

Olá meus amores!  tudo bem com vocês?

Primeiro eu peço perdão por ter passado tanto tempo longe de vocês, a semana está bem corrida para mim esses dias e prometo que vou tentar regularizar tudo certinho.

Mas sem delongas eu trago para vocês mais uma resenha quentinha. Hoje nós vamos embarcar em um universo totalmente diferente do que eu sou acostumada a ler. Sabe, não sou acostumada a lê livros que envolvam altas reflexões, e esse livro me surpreendeu.



Posso adiantar que é um romance porém um romance realista, repleto de altos e baixos. Com muitas reflexões para engrandecer a nossa leitura.

Iremos conhecer João e Bia, que juntos tiveram o seu passado e já foram a metade da laranja de cada um. Porém como em muitos relacionamentos houve um fim, e o motivo vocês terão que descobrir. Cada um tomou o rumo de sua vida:  Ele cresceu financeiramente e se tornou dono de uma grande editora e ela assim como muitas mulheres sofreu amarguradamente essa lacuna em seu peito.



Mas o destino como sabemos é uma caixinha de surpresa e essa surpresa entrou de cabeça na vida de Bia. Ela precisava de um emprego então teve que fazer uma entrevista na editora de João sem saber que o seu entrevistador é a pessoa responsável por dor e ao mesmo tempo uma pessoa que marcou muito a sua vida.
Percebemos então que aonde tinha pontos finais deveria ter sido colocada uma vírgula, pois os dois possuíam histórias inacabadas, conversas não compreendidas e tenho sentimento muito lindo. Atração que os dois sentiu foi algo impulsionado que o tempo não foi capaz de apagar.

Eu deixo aqui algumas perguntas que caberá a você leitor, desvendá-las:

Mas será que João e Bia finalmente conseguiram encontrar um final feliz?

O passado falará mais que o presente ou será que a dor pesa mais do que o perdão?

Esse livro além de ser, como já havia falado, repleto de reflexões é extremamente simples. Vocês me conhecem melhor do que ninguém e sabem que eu odeio livros difíceis. Por isso eu digo que esse livro é simples, mas não simples de ser ruim mas sim de ser ótimo para leitura.
A narrativa dele é um pouco densa, a compreensão nem sempre vem de forma fácil, há altos e baixos no livro. 



Eu acredito que todo mundo que ler esse livro vai prestar bastante atenção na personagem Bia. Ela é uma mulher comum, real e igual nós. Possui seus problemas, os seus dilemas não é uma personagem de um romance de época, por exemplo, que chora ao perder o seu amado pelo contrário, Bia é uma personagem que luta e diferentemente da capa e de todo o livro rosa, ela é uma mulher de verdade.

Bom meus amores eu espero que vocês tenham gostado dessa resenha e eu quero deixar aqui claro que esse é um livro que eu posso dizer que é totalmente diferente de todos que eu li.

A autora aborda com mais maestria assuntos que outros autores preferem não tocar, por ter medo ou por não saber desenvolver bem na história. Mas a Karine não, ela entrou a fundo em temas que chamam atenção e que nos fazem refletir sobre a nossa vida. Por isso eu super recomendo esse livro!



Ah lembrando que vocês podem adquirir esse livro com autora ou clicando aqui nesse link e quem comprar o livro terá marcadores e um lápis com quotes do livro.

Até a próxima!