sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Érika Gomes - Tenebris

    Oi amores, hoje eu trago um quadro bacana para o blog o "Entrevistando autores", como consegui ter contato com vários irei fazer perguntas para eles e mostrar um pouco para vocês sobre o que eles pensam revelando a personalidade de cada um, e para começarmos irei entrevistar a autora Erika Gomes do livro Tenebris.
    Tenebris é um livro polêmico pois envolve religiosidade e algumas criaturas da bíblia, porém deixarei que vocês julguem o que pensar sobre essa obra através do que fala a autora, assim compreendendo o que ela pensa compreendemos automaticamente o que a obra fala.
SINOPSE:
                 

Lúcifer há muito não é “aquele que traz a aurora”, como seu nome sugere. Desde que liderou a rebelião contra seu Criador foi condenado a Sheol, o inferno, onde instaurou seu próprio reinado. Muitos o seguiram, porque acreditaram nele. Tornaram-se seus serviçais ou aliados.
No entanto, Lúcifer se sente sozinho e cansado de sua existência. Depois de trai-Lo, sente falta de Deus, da essência divina, de uma razão verdadeira para a sua vida. Seria possível, um dia, a Ele retornar?
Agora conhecido como Heylel, é na Terra que Lúcifer encontra alguém que mudaria seus sentimentos. Anna, uma bela mulher, ensinou-lhe o amor e presenteou-o com uma filha. Heylel amou ambas com todo o seu coração.
Mas nem sempre é possível viver o que se deseja. Heylel não é humano e sua essência desvirtuada já não é divina. Ele é o Senhor de Sheol e seus demônios não estão contentes com a passividade de seu líder. Uma guerra se aproxima e Heylel precisará envolver nela seu bem mais precioso: sua família.
Carregado de tensão, incertezas, amores, bruxas, anjos e demônios, esse romance convida o leitor a pensar que nem sempre o que sabemos é verdadeiro. Até mesmo o Diabo pode surpreender!"



Livro - Tenebris (Erika Gomes)
PERGUNTAS:
1. Quando surgiu a vontade de escrever?
    "Na verdade não surgiu. Não foi algo que aconteceu com planejamento, foi somente surgindo aos poucos, fui jogadora de rpg por muitos anos, então a escrita era uma frequente em minha vida, colocar Tenebris em palavras, foi somente uma necessidade, então começou com uma possível brincadeira, mas notei que poderia dar certo e passei a me dedicar mais a esse projeto."
2. Qual o gênero da sua obra?
   "Não gosto de rotular Tenebris, muitos diriam que está na ficção, fantasia. Eu quero acreditar que ela é um leque de informações para mentes pensantes. Há aqueles que irão ler e se prender ao amor dos casais, outro irão ler e achar uma ofensa religiosa, alguns vão entender como uma veneração ao demônio rs, mas se no decorrer do caminho, algumas pessoas entenderem que é somente o meu jeito de dizer que nós somos o que escolhemos ser, indiferente do que nos marca para sermos, já estarei feliz."
3. Quais autores lhe influenciaram para escrever Tenebris?
    "Para escrever Tenebris nenhum. Pois ainda não vi no mercado literário uma obra que trate esse tema. Mas claro que antes de ser autora, sou uma leitora louca e descontrolada rs... Então tenho os meus queridos, Fml Pepper, Stephany Meyer, Cassandra Clare, Carina Rissi."
4. Quais os livros que marcaram sua vida?
    "Ah que difícil, tenho alguns que me marcaram, por atingir de alguma forma minha vida pessoal, como Uma curva no tempo, Um porto seguro e O melhor de mim. E tem os meus querido, que já li mais de cinco vezes cada, decorei páginas e partes preferidas rs. A Saga Crepúsculo, House of night, Instrumentos Mortais e Peças Infernais."
5. Quais são os seus hobbies?
    "Minha família, eles são o meu momento de prazer, estar com meus filhos, realizar as vontades deles, vê-los sorrindo, isso me satisfaz. A leitura e a escrita são momentos para dar asas a minha imaginação."
6. Citação favorita?
    "O tipo de amor que pode incinerar o mundo ou ergue-lo em glória. - Instrumentos Mortais"
7. O que tem a dizer para aqueles que buscam ser escritores?
   "Não desistam!!! A estrada é longa, cheia de buracos, onde você terá que aprender a desviar de alguns e quando cair, pois isso é inevitável, levante-se e continue. Busque pessoas em que possa confiar, tenha ao seu lado pessoas que acreditem mais na sua obra do que você mesmo, faça amizade com outros autores, e o principal, quando atingir sua meta, jamais se esqueça das pessoas que te ajudaram a conquista-la ."
8. Prefere 1* ou 3* pessoa?
    "Terceira, acredito que porque joguei por muito tempo, não consigo escrever na primeira pessoa, me sinto travada. Mas não tenho nada contra a narrativa na primeira pessoa é só algo pessoal mesmo."
9. Qual foi a inspiração para o seu livro?
     "Minhas batalhas internas. Vivi dentro da igreja evangélica por muitos anos e vi de tudo um pouco, presenciei pessoas que deveriam ser boas de coração, fazendo maldade ao próximo, tramando contra o irmão, caluniado, mentindo, fofocando e vi pessoas que teoricamente, seriam do "demônio" tendo um coração bondoso, ajudador, acolhedor. Essas cenas geravam um turbilhão de sentimentos dentro de mim, levando minha mente a loucura, a falta de caráter do ser humano, a maldade que há no coração deles.. Me impressiona demais e me levou a pensar em muitos "porquês"."
10. O que dizer sobre Tenebris?
    "Tenebris é meu bebê que vai surpreender muitas pessoas, ele trás uma dura realidade e fará a humanidade pensar que talvez toda a maldade que é cometida, não está relacionada à um "diabo" mas pode ser somente o ser humano exercendo o lado que escolheu seguir e sendo muito maldoso. Acredito muito no poder da escolha, na lei da semeadura e colheita. E quero acreditar que Deus é tão misericordioso para com sua criação, que até mesmo se Lúcifer se arrepender de coração, poderá ser perdoado."
11. O que espera dos leitores com relação a sua obra?
    "Que pensem. Somente isso, que aprendam a se colocar no lugar do outro, entendam que não cabe a nós o papel de juiz."
12. Possui outras obras em andamento ou ja feita?
   "Tenebris será uma trilogia, com um quarto livro paralelo. Então, estou trabalhando nessa continuação."
ESPAÇO BÔNUS : Um recado para os fãs.
  "Vivam, mas vivam sem julga, sem condenar, vivam amando e se amando, vivam perdoando e entregando ao próximo o melhor que há em você. Não minta, engane, fofoque. Viva da melhor maneira que conseguir, sem precisar tirar proveito da dor do outro e jamais aponte o dedo sobre os erros alheios, além de ser muito feio, tem pessoas que só aprendem com eles."

   Então pessoal, depois dessa entrevista - que eu digo foi excelente - acredito que vale muito a pena deixar os tabus de lado e ter o prazer de lê essa obra. Espero que tenham gostado e logo logo terá uma nova entrevista ♥ Caso queira conhecer melhor Tenebris entra no insta da autora @tenebrisolivro, não esquece de seguir o blog e deixar seu comentário pois assim irá colaborar muito tanto comigo quanto com a autora. Bjinhos ♥

@eurekamundo (instagram)

6 comentários:

  1. Muito obrigada por esse momento e pela oportunidade de falar um pouco da minha obra!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço por ter nos dado essa excelente obra e por ter me dado essa entrevista ♥

      Excluir
  2. Meu Deus fiquei com muita vontade de ler, parabens erika pela obra muito bem elaborada e com uma trama muito Fantastica. E parabens amanda, por essa entrevista, tenho certeza que foi feita com muito empenho da sua parte
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Ja estou esperando a proxima entrevista❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Julia está vindo uma outra logo logo!! fica ligada ♥

      Excluir