quarta-feira, 20 de junho de 2018

Autora Anna Rosenrot

Olá meus amores! Quanto tempo hein?!
Hoje o quadro entrevistando autores, vamos entrevistar a autora Anna Rosenrot que possui o livro " Violeta Profundo e outros contos". Você pode adquiri-lo clicando aqui. 


Ana Beatriz, ou mais conhecida como Ana Rosenrot, é filha de Célia e Francisco nascida em Fortaleza, Ceará. Construiu sua carreira literária recentemente e vem buscando aprimorá-la desde então. Inspirada do suspense realístico do cotidiano, decidiu escrever este livro com o objetivo de compartilhar seus mais profundos anseios, utilizando-se de metáforas plurissignificativas a esboçar críticas quanto à existência.

1. Qual é a inspiração para escrever o seu livro?

R.: O horror do cotidiano, a desgraça que todos se negam a enxergar.

2. Como você começou a escrever?

R.: Eu era bem criança, tinha cerca de 8 anos, e gostava muito de Ciências. Surgiu então, a ideia de escrever um livro sobre Galileo Galilei e seus feitos, porém o projeto não foi consumado. Apesar disto, em mim foi acesa a fagulha da escrita.

3. Quais são os seus hobbies?

R.: Escrever, ouvir música, cantar e desenhar.

4. Como você se vê como pessoa?

R.: Me vejo fechada, perfeccionista, pedante, exigente, estranha, de péssimas habilidades sociais e empática.

5. Quais são as suas influências literárias?

R.: Sou apegada a todos os escritores e permito que todos me influenciem de algum modo, mas se for para citar alguém, com certeza será Edgar Allan Poe. Ah, e um Neil Gaiman não pode faltar também, né?

6. Em uma narrativa, qual pessoa você prefere primeira ou terceira?

R.: Primeira. Emoções cruas são as mais incríveis.

7. Quais foram os livros que marcaram a sua vida?

R.: “Os 100 Maiores Mistérios Do Mundo”; “A Menina Que Roubava Livros” e “O Morro Dos Ventos Uivantes”.

8. O que você faz nas horas vagas?

R.: Canto, medito e amo.

9. Possui outras obras?

R.: Sim, porém não publicadas ainda.

10. Os personagens que você escreve são inspirados em pessoas reais?

R.: Sim, indubitavelmente.

11. Suas histórias são inspiradas em algo real?

R.: Sim!

12. Como você vê seu livro?

R.:Como um livro bastante cru e súbito e que leva à muita reflexão, embora peque na acessibilidade.

Espaço Bônus – Recado Para Os Fãs:

R.: Aprecio cada um de vocês. Tenho minhas dificuldades presenciais, mas guardo todos em meu coração. Vocês me dão força. Amo muito fazer arte por quem me lê.

Então meus amores, a autora é curta e objetiva! Gostei de saber um pouquinho mais da trajetória da autora e já adianto que o livro dela já foi resenhado aqui pelo Blog, você pode visualizar a resenha clicando na aba resenhas e procurando pelo nome do livro. Espero de coração que vocês tenham gostado! Até a próxima. 

terça-feira, 12 de junho de 2018

Uma rainha relutante

Olá meus amores! Tudo bem?

Hoje, dia 12 de junho, dia dos namorados nada melhor do que trazer uma resenha sobre romance não é? E que tal se esse romance foi real e ainda por cima salvou um povo da sentença de morte?! Sim estamos falando da releitura da história de Ester, história é essa que é relatada no livro que leva o nome da personagem da Bíblia e que a editora parceira do blog BV Books me deu o prazer de poder ler uma obra tão fantástica quanto essa. Estou falando do livro "uma rainha relutante" do autor Joan Wolf.



Antes de mais nada quero dizer que este livro é simples. Mas simples não no sentido de dizer que falta algo, mas sim no sentido de dizer que ele é simples porém totalmente completo. A simplicidade e leveza desse livro faz com que nós possamos adentrar as ruas de Susã e podemos sentir a cada página lida as emoções de cada personagem.



As características físicas deste livro são bem peculiares, algo típico da forma de formatação da editora BV books. O primeiro ponto a ilustração da capa que sempre vem acompanhado da personagem principal e essa capa ou pelo menos a personagem ela é refletida na lombada do livro,  o que fica incrível na estante. Outro ponto que explica bem a característica física do livro é a falta do dálogo convencional - como assim Amanda? Pelos meus mais de 40 autores parceiros podia aprender algumas coisas e uma delas é a forma como se escreve um diálogo que é característico próprio por um travessão, detalhe esse que a BV books substitui por entre aspas o que faz a leitura flui bem mais rápido.



Esse livro é dividido em 32 capítulos com um total de 290 páginas, um guia para leitura em grupo, notas de agradecimento e notas da autora.

Entrando na história nós iremos ter dois personagens principais, o nosso casal: Ester e o Rei Assuero. Ester é uma jovem judia, com traços persa, criada pelo seu tio Mordecai. O grande dilema da história é que o tio de Ester descobre que o Rei Assuero era aconselhado o homem chamado Hamã. Ele também descobriu que o rei iria tentar destruir o povo judeu que vivia na Persia, através dos conselhos de Hamã.



Através de um sonho Mordecai acredita que sua sobrinha foi escolhida por Deus para salvar o seu povo da morte. E juntamente com os superiores da Sinagoga dos Hebreus, apresenta uma ester o plano de fazer lá candidata no concurso em que o rei escolheria sua nova rainha. Muito relutante com essa ideia que triste, Ester acaba aceitando, acreditando que não passaria nem da porta do Palácio. Porém o inesperado acontece, e os planos de Ester vão por água abaixo pois o próprio rei a escolhe.



O romance forte e Avassalador, neste livro conhecemos a história bíblica de Ester por em uma visão romântica. Conhecermos as dores, as lutas e,  principalmente, a fé de Ester e de todo o seu povo, que incansavelmente deposita toda sua fé no único Deus vivo.

Meus amores, se vocês ficaram curiosos e querem conhecer mais sobre esse livro pode adquiri-lo clicando aqui, ou entrando no site oficial da editora clicando aqui. Eu super recomendo esse livro à todas as meninas que acreditam que não são capazes, independentemente de qual seja sua função nesta terra:  Deus não chama os capacitados mas ele capacita Os escolhidos. Espero que vocês tenham gostado dessa resenha e não deixe de seguir a editora e eu blog nas suas redes sociais. Até a próxima!

sábado, 9 de junho de 2018

O regresso

Olá meus amores, tudo bem com vocês?

Hoje com muito orgulho, pela primeira vez no blog eu trago uma resenha de um livro que inspirou a um filme que ganhou o Oscar. Estou falando do livro "O Regresso" que inspirou o filme se mesmo nome com o ator Leonardo de Capriu.



Antes de falarmos na história, esse livro do autor Michael Punke, possui como características físicasa divisão dos capitulos por datas e nos mostra a história de diferentes ângulos. São 28 capítulos distribuídos em ricos detalhes dentro de todo o livro, e notas históricas com um total de 270 páginas. 


Neste título conhecemos a trajetória heróica e épica de Hugh Glass, um caçador da companhia das peles das Montanhas Rochosas. Porém, minutos após iniciar seu reconhecimento e exploração da área em que o grupo de caçadores estava, nosso herói é atacado violentamente por uma ursa-cinzenta que ao perceber o caçador se aproximando dos seus filhotes atacou sem hesitar,  deixando Hugh completamente desfigurado.

 Mas por um milagre Nosso Herói não morreu e ainda conseguiu matar o animal com tiro no coração. Os companheiros de equipe de Hugh Glass simplesmente ficaram chocados com tamanha desfiguração que a ursa deixou o protagonista, e com todos os artefatos que podiam ser utilizados para ajuda e primeiros socorros a vítima desse ataque animal, o capitão Henry chefe dos Caçadores foi quem costurou as partes do corpo de Hugh, notem, ele costurou com uma agulha de custura e linha forte o pescoço, o couro cabeludo e as costas.



Indiferente a todas as reclamações do grupo que diziam que o nosso herói estava morto, o Capitão Henrique decretou Total cuidado com o Glass, e ordenou que dois integrantes ficassem e cuidasse do ferido e depois se encontrassem com o grupo que seguir em frente até o forte. Aqui Glass ficou aos cuidados de Fitzgerald e Brigder, porém após dois Dias vendo perigo eminente dos índios atacarem Eles roubaram Glass tiraram dele todos os seus pertences e o deixaram ali para que os índios, mas embora tenha acontecido isso Bridge foi quem cuidou dos ferimentos de Glass ele alimentou durante todo o tempo que esteve com ele enquanto que Fitzgerald não quis se quer mover um dedo para ajudá-lo.

O grande problema foi que ele não morreu e estava completamente consciente, ouvia muito bem e jurou vingança aos dois. A cada dia que se passava Glass ia se recuperando cada vez mais e ia subindo o Rio Missouri ao encontro da companhia de peles das montanhas rochosas. Nesse intervalo me contou com ajuda de índios que o curou ajudando na cicatrização de suas feridas, pois as mesmas estavam infeccionadas e com larvas de moscas principalmente nas costas. A cena de retirada das larvas é aterrorizante porém mostra que é a medicina indígena é muito boa.



E chega o grande dia do encontro de Glass com seus desafetos, e sabe o que ele fez? Ai vocês vão descobrir lendo o livro. Gente, confesso a vocês que esse livro é incrível, claro tem a parte da vingança mas ele não deixa de ser incrível. Como um ser humano por ser capaz de sobreviver a tal ataque? É impressionante como o autor consegue passar para os leitores as emoções de Glass e dos outros personagens do livro. Simplesmente amei! Bom meus amores eu espero que vocês tenham gostado da resenha e até a próxima! 

terça-feira, 29 de maio de 2018

O vestido de trinta rosas

Olá meus amores, tudo bem?

Hoje a resenha será do livro O vestido de trinta rosas, da autora Lívia Messias. Esse livro foi publicado de forma independente e você pode adquirir no falando com autora nas suas redes sociais, basta clicar aqui.



"Nem sempre as coisas mais fáceis são as melhores a se fazer".

Então meus amores como vocês sabem antes de iniciarmos a resenha iremos analisar as características físicas do livros. É um livro pequeno, são exatas 152 páginas divididas em vários capítulos que alternam do tamanho médio ao pequeno. Um livro bem planejado pois os capítulos estão no ponto certo de detalhes e os personagens são bem explícitos em relação aos sentimentos e as emoções de cada cena.



Iremos embarcar na vida de Helena, uma jovem apaixonada por Ícaro um dos rapazes mais belos da Vila Íris, lugar onde a magia existe e todos os seres ali sabem disso. Único problema disso tudo é que ele não acredita que Ícaro jamais olharia para ela com os mesmos olhos que ela o olha, e assim ela decide tomar providências drásticas.


Ela recorre o poder do vestido de trinta rosas, uma magia poderosa porém muito perigosa mas pode garantir a conquista de qualquer rapaz à Helena. Seu amor por Ícaro falou mais alto, porém há um preço muito alto a ser pago.

Será que Helena está disposta a pagar esse preço tão alto?

E se isso custar a felicidade dos dois, Helena continuará?

Valerá a pena tal sacrifício?

A respostas dessas perguntas vocês terão que descobrir lendo! Posso adiantar que é um livro incrível, repleto de boas lições da primeira página até a última. A autora soube com maestria passar uma boa mensagem, embora misturada a magia soube transmitir suas ideias. É um livro ótimo para presentear alguém, sério! Além de muito lindo por fora é mais belíssimo por dentro!



Aprendi com esse livro que precisamos encontrar a nossa felicidade, e esquecer de rotulá-la em pessoas. A nossa felicidade não depende dos outros, depende de nós! Amar não é aprisionar alguém mas sim ser capaz de deixar livre para que se mostre se o sentimento é recíproco. Amar é permitir que o outro escolha ficar todos os dias e não fique por obrigação, que saiba que não está preso mas está livre para decidir o melhor.

Bom meus amores, eu espero de coração que vocês tenham gostado desta resenha. Adianto que o livro está na Amazon em e-book e o físico pode adquirir com a autora.

Até a próxima.

domingo, 27 de maio de 2018

Lojinha: Warplates

Olá meus amores!

Hoje vamos conhecer mais uma lojinha parceira do blog, a loja de quadros decorativos Warplates. A loja tem sede aqui em Manaus, mas eles enviam para todo o Brasil. Eles tem perfil no instagram (https://www.instagram.com/warplates/).



Os quadros decorativos, mais conhecidos como plates são lindos para salas, quartos, escritórios ou qualquer lugar! Sério, a Warplates enviou para mim dois plates dos logos do blog, e eles combinam em todos os lugares que eu coloco! Para usar os plates basta retirar o adesivo que vem no plates e colar no local escolhido.



Amores, o primeiro quadro é do primeiro logo do blog. Tenho um carinho muito grande por esse logo pois ele representa toda a trajetória que passei para chegar até aqui. Esse, a Warplates fez em tamanho retangular, de tamanho médio. Eu amei pois a impressão é em material plástico que não suja muito, e a imagem ficou muito nítida!


O segundo plates é do segundo logo, que eles incrivelmente fizeram no tamanho redondo e grande, contornando a coroa de flores. Descobri que a Warplates faz em todos os tamanhos e formas, se você quiser em formato de coração, triângulo, ou qualquer outra forma eles fazem!



Gente eu estou apaixonada pelos meus plates! Eles vieram em madeira com a impressão em cima mas são extremamente leve e de uma ótima qualidade! Conheci a Warplates em uma cobertura de evento aqui em Manaus e fiquei apaixonada pelo seu estande! O Wellington é uma excelente pessoa e muito prestativo, ele até levou os plates até minha faculdade! Um amor!

Bom meus amores, super indico a loja e o atendimento é excelente! Para conhecer mais sobre a loja clique aqui. Até a próxima!

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Amor Abstrato

Olá meus amores! Tudo bem?

Hoje iremos resenhar o livro da autora Daya Alves, Amor Abstrato. Tive a honra de ganhar e resenhar o livro Estarei Aqui, e agora esse. Este livro foi lançado pela Editora Coerência e pode ser adquirido clicando aqui.



Como vocês sabem é de costume aqui das resenhas do blog falarmos, antes da análise da história, das características físicas dos livros. Essa belezinha é um livro pequeno contendo 203 páginas distribuídas em 20 capítulos. O enredo é bem desenvolvido, além de ter uma boa compressão na leitura.



Esses capítulos cada um contém no início a diagramação que me remete a pensar no livro o Pequeno Príncipe, pois a autora usou as frases de Antoine Saint-Exupéry na diagramação e nas páginas ao redor. Possui também algo bem peculiar como a numeração das páginas ao lado no meio da folha, ainda não achei um livro que tivesse esse tipo de marcação de numeração.

Agora iremos embarcar no universo de Jaque e Leo. Jaque, uma garota focada nos estudos e tem como objetivo terminar o curso e ser independente. Leo é filho único, do patrão da mãe de Jaque,  e amigo de infância dela.



Chegado o baile de formatura da nossa protagonista Jack ela convida seu amigo de infância para ser padrinho - o que chama atenção na história é que Léo passa por diversos problemas com pai com relação a que ele quer ser e o pai não permite - e nesse baile acontece a primeira cena de amor do casal, um beijo que desperta muito e sentimentos nos dois.

Amor abstrato é um livro que transmite esperanças; Esperança na fé, no amoe, no companheirismo, no confiar.  Além de ser um livro que ensina sobre superação, fala muito mais do que uma simples história, conta a trajetória de vidas que o destino uniu.

É um romance que envolve vários conflitos; sejam eles na Jaque que percebe que nutre por Léo muito mais do que uma simples e singela amizade de infância, ou em Léo que imerso no caos que sua vida se torna, antes e depois do acidente,  se sente nem digno de permanecer vivo.



Mais uma vez o amor nos prova que ele tudo sente e tudo suporta. Meus amores eu não posso falar mais do que isso porque senão eu vou acabar soltando spoilers a mais,  eu agradeço de coração a Daya por ter confiado a mim seu segundo livro. Espero que vocês tenham gostado da sua resenha e lembrando que  as redes sociais da Daya Alves se encontra na aba de autores parceiros aqui do blog!

Até a próxima!

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Fada Negra

Olá meus amores! Tudo bem com vocês?
Hoje eu trago para vocês mais uma resenha, dessa vez nós iremos conhecer o livro 2 da Cris Magalhães intitulado A Fada Negra - O segredo do Cristal. Esse livro foi lançado pela Editora Chiado e você pode comprar clicando aqui.




Como de costume antes de entrarmos na história propriamente dito, nós vamos analisar as características físicas do livro. É um livro pequeno, são 190 páginas distribuídas em 25 capítulos curtos porém ricos em detalhes.



Diferentemente do primeiro livro, agora esse segundo ele tem diagramação em detalhes de coruja e a intenção de entrar em uma selva; fora que a narrativa da Cris é muito boa, de fácil compreensão e o enredo da trama está bem desenvolvido.



Nós iremos retornar essa história com a calmaria do final do primeiro livro - querendo eu não vou ter que falar um pouquinho sobre o primeiro para que vocês possam entender o segundo,  prometo evitar dar spoiler somente a essência do livro - , o reino de Eder agora passado-se 5 anos corre um novo risco. Mais uma vez as fadas negras tentaram invadir o Reino de Éder, porém o passado nunca esteve tão presente e a família real descobre fatos bem escondidos o que mudará o rumo dessa história.

O vilarejo está em festa em nós vamos ver o final e início de muitas histórias vamos reencontrar personagens marcantes do livro Um agora em outras situações como ajudando seus irmãos ou cuidando dos seus filhos.




Mas a curiosidade do irmão mais novo do nosso protagonista vai aprontar uma. Esse pequeno Travesso acaba dando um pontapé inicial a um estrago que vai envolver também a família real. Um diário é descoberto através daí nós iremos acompanhar a forma como se inicia um grande problema mas ao mesmo tempo como ele vai chegar ao fim.

Muita coisa acontece nesse livro ele é uma verdadeira aventura do início ao fim. Revelações, romance,  mistérios solucionados e muitas coisas que ficaram em standy by no primeiro livro vai voltar agora no segundo. Novos lugares irão ser apresentados e novas criaturas irão aparecer, porém os mortos mandam cumprimentos.



Agradeço a Crys por ter me confiado a oportunidade de ler o seu segundo livro que por sinal está excelente, agradeço muito também por ter me enviado por duas vezes já suas obras e eu espero de coração que vocês tenham gostado dessa resenha. Lembrando que as redes sociais da Crys se encontra na aba dos autores parceiros caso vocês queiram conversar com ela. Até a próxima!