domingo, 15 de abril de 2018

Apenas me ame - Rock e perfume: o som do amor

Olá meus amores, tudo bem com vocês?

Hoje eu trago uma resenha quentinha para vocês. Livro de hoje é a continuação do livro da autora Rosana Castarelli apenas respire, da duologia rock e perfume. Seu título é "Apenas me ame -  Rock e Perfume: o  som do amor."



Já adianto para vocês que o livro 1 da duologia foi resenhado aqui pelo blog e se encontra na aba resenhas. Esse livro 2 foi lançado de forma independente pela autora e vocês podem adquiri-lo com ela através das suas redes sociais. Lembrando que as redes sociais da Rossana se encontram na aba autores parceiros aqui do blog.

Antes de entrarmos na história nós vamos analisar as características físicas do livro. Ele também se encontra em formato digital para os amantes de e-book disponível na Amazon. São 388 páginas dividido em 27 capítulos muito bem distribuída a história. Linguagem,  como característica da autora, é de fácil compreensão e bem realística. Os detalhes dos capítulos foram bem pensados pois basta uma leitura e já se entende o conteúdo. Temos capítulos médios e curtos, uma sugestão de playlist, um epílogo, e outras supresinhas que amei.



No primeiro livro, nós acompanhamos o desenvolvimento e amadurecimento de Isabela Alencar, além de descobrir suas emoções e seus interesses. Agora acompanhamos a continuação de força da Isabela, sendo mãe e redescobrindo sua paixão por Luc Bellucce ao retornar ao Brasil e o encontrar.

Além das emoções de Isabela também acompanhamos o quanto ela é amiga,  mesmo com a distância ela manteve contato com seus amigos e sempre está disposta a aconselhá-los. Sendo possível identificar alguns personagens amadurecidos do outro livro e claro uma boa dose de comédia com esses amigos da Isabela.
Porém, ao retornar a trabalhar na Dawn Sunless é inevitável a aproximação entre o nosso casal de protagonistas. Mesmo com a relutância de Isabela e com medo de Luc, vamos percebendo o que as feridas do passado causou nos dois. Mas nada impede de fazer Florescer novamente o amor desses dois,  mesmo que o tempo tenha passado, mesmo que a distância tenha separado, eles ainda se amavam. Mas agora é a vez de Luc mostrar que mudou.



Será que o nosso casal finalmente terá o seu final feliz?

O amor supera todas as barreiras?

A resposta para todas as perguntas vocês terão que descobrir lendo esse livro incrível. Muito além de uma história de amor ou romance contemporâneo, essa história traz à tona muitas lições de moral. Além de retratar sobre os lemas do coração ela também fala sobre comprometimento, amizades, família e principalmente sobre amadurecimento.

Bom meus amores, espero que vocês tenham gostado dessa resenha. Eu não posso me aprofundar muito na história porque senão vou acabar passando alguns spoilers para vocês, e isso eu não gosto de fazer.

Muito obrigada Rosana, por você ter mais uma vez confiado em mim e me proporcionado uma leitura tão agradável!  Como vocês sabem eu sou uma extrema apoiadora da da literatura nacional e vejo a cada dia como nossos escritores brasileiros são tão bons quanto os estrangeiros.

Um grande abraço a todos e até a próxima.

domingo, 8 de abril de 2018

Autora Dulce Maria

Olá meus amores, tudo bem?

Hoje iremos entrevistar a autora Dulce Maria, escritora do livro Só mais uma vez que recentemente foi resenhado aqui no blog. Você encontra a resenha com marcadores "Resenha".


Dulce Maria nasceu em 2002, em Aracajú - Sergipe. Desde cedo gostou muito de ler, com treze anos começou a escrever livros de vários gêneros, situações, mundos e personagens diferentes. É extremamente apaixonada por finais tristes, armas e grandes aventuras; tem o sonho de um dia lutar por algo que realmente acredita e se sacrificar em prol de sua nação e pessoas que ama. 

Vamos as perguntas!  

1. Qual é a inspiração para escrever o seu livro?

"Eu me inspirei em todas as minhas histórias de amor que deram errado haha."

2. Como você começou a escrever?

"Comecei a escrever para extravasar o que eu sentia e não contava às pessoas ao meu redor."

3. Quais são os seus hobbies?

"Assistir filmes e dramas coreanos, jogar futebol e escrever."

4. Como você se vê como pessoa?

" Eu acho que eu sou uma pessoa bem divertida, gentil, meio louca, esforçada e focada nos meus objetivos e sonhos."

5. Quais são as suas influências literárias?

" Acho que Babi Dewet me inspira muito."

6. Em uma narrativa, qual pessoa você prefere primeira ou terceira?

"Eu comecei escrevendo em primeira pessoa mas recentemente me encontrei na terceira pessoa."

7. Quais foram os livros que marcaram a sua vida?

"Meu pé de laranja lima, Os miseráveis, a parte do outono de Um ano inesquecível."

8. O que você faz nas horas vagas?

"Estudo (pois é kk), escrevo e assisto filmes ou dramas."

9. Possui outras obras?

"Sim, mas nenhuma foi publicada ainda."

10. Os personagens que você escreve são inspirados em pessoas reais?

"Raramente. Eu me inspiro em algumas características de pessoas que conheço,mas poucos personagens foram realmente inspirados em alguém."

11. Suas histórias são inspiradas em algo real?

"Como eu disse antes, foram inspiradas nas emoções que senti quando me apaixonei ou problemas da minha vida pessoal."

12. Como você vê seu livro?

"É um livro que parece ser cliché mas que tem uma reviravolta surpreendente para qualquer leitor. Conta sobre amizade, paixão e tantas outras coisas que fazem parte do mundo adolescente."

Espaço bônus: recado para os fãs.
Eu ficaria muito feliz em espalhar a minha obra com muitas e muitas pessoas diferentes e de outros países. Vocês não vão se arrepender de me dar uma chance.







O beijo da morte: sob a luz das galáxias

Olá meus amores, como vocês estão?

A resenha de hoje é sobre o livro "O beijo da morte", da autora Judie Castilho. A Judie já é uma parceira daqui do blog de muito tempo, porém somente agora tenho a honra de receber e compartilhar com vocês!

Adianto que as redes sociais da Judie se encontra na aba autores parceiros do blog, e o livro faz parte de uma saga. Este livro é o primeiro da saga e foi lançado pela editora Chiado.


O livro é de ficção científica, porém tem enfoque em romance intergaláctico, relações de amizade, de família, guerra entre povos e planetas entre outros que eu não vou dizer - sou mal. Repleta de aventuras e guerras vemos a ameaça velada de um povo inimigo que quer acabar com união universal, desestabilizando a paz entre os planetas.


É dentro deste cenário que aparece os personagens, e também posso dizer que com maestria autora soube trazer todas as evoluções e sentimentos dos personagens a cada capítulo. Mostrou o quanto as relações abordados do livro podem ter consequências boas e consequências ruins, e ainda falou um pouquinho sobre as consequências de amores possíveis e amores impossíveis. Algo que para mim foi bem chamativo a atenção,  pois outros títulos que tentaram abortar é esse "amor impossível" não conseguiu  tocar em aspectos que Judie conseguiu tocar.

Sem citar nome dos personagens porque eu acredito que essa seja outro trunfo da autora eu atendo um pouco para forma de detalhamento que autora trouxe para o livro, é algo sensacional! Quando você ingressa no ambiente da União Universal Você conhece diversos povos de diversas culturas diversas formas de convivência entre planetas e povos distintos.


E claro o final eu não posso contar para vocês, mas quando vocês começarem a ler esse livro irão se deparar com uma tela de cinema passando a cada capítulo, cada folha e cada linha dessa obra de arte.

Agora falando um pouquinho sobre as características físicas desse livro ele é dividido em ele é um livro que eu considero grande, embora as letras e capítulos sejam de tamanhos médios. Ele é dividido em 22 capítulos com um total de 463 páginas.



A linguagem de fácil compreensão e bem realística, trazendo até algumas gírias em algumas formas rude de se falar, o enredo é hierárquico e a trama é bem desenvolvida, envolvendo todos os personagens e não deixando nenhuma "ponta de história" no ar todas as histórias são solucionadas.



 A diagramação é  excelente, a Chiado  sempre teve como característica própria a capa ser revestida por uma fina camada plástica que dá uma espessura bem gostosa para o livro, e dentro deste livro da Judie a gente tem como folha de capa o rosto da mulher que no caso, é uma das principais personagens de olhos azuis,  bem marcantes sendo envolvida por outro rapaz; essa imagem é refletida dentro do livro e no começo das páginas de início de capítulo tem uma diagramação bem fofinha, além das divisões dos capítulos.


Então meus amores esta foi a  resenha de hoje, espero que vocês tenham gostado.  Gostei muito de conhecer o livro da Judie, agora em uma forma física! O livro está muito bonito, a capa é bem chamativa com roxo e lilás algo que é bem gostoso de se ver.

Obrigada Judie Castilho pela confiança e oportunidade de estar divulgando seu trabalho, vocês sabem o quanto sou extremamente a favor de autores nacionais, cada vez mais gosto da literatura nacional e vejo que a nossa literatura tem futuro com muitos autores de talento e a Judie é um deles, muito obrigado.

Até a próxima.

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Conhecendo o Café com Texto

Olá meus amores! Como vão?

Hoje eu vou apresentar a vocês um lugar muito bacana que conheci com meus amigos, aqui em Manaus. O nome é Café com Texto, isso mesmo é uma lanchonete-biblioteca.


O lugar é muito lindo, tem vários quadros com literatura, artes espalhadas por todo o ambiente e muito mais muitos livros - para alegrar o coração da leitora fanática aqui.


O Café com Texto tem dois compartimentos em uma casa, fora a cozinha. Possui o hall grande que é a lanchonete, com várias mesas muito bem decoradas com uma louça lindissíma e uma pequena sala que é a biblioteca.

Eu e meus amigos na biblioteca 



Tudo nesse lugar me chamou a atenção, até os banheiros possuía uma decoração temática de literatura. Em um dos banheiros tinha um poster enorme da saudosa Marilyn Monroe.


Louça e cardápio do Café com Texto

Na biblioteca há uma mesa grande para cinco pessoas, com aquela louça linda e um cantinho muito bem organizado com livros e artes decorando o lugar. Na mesa havia sinos onde podemos chamar os garçons, e a equipe nos tratou muito bem. 

No hall com os quadros literários,  inclusive o pergaminho de poesia. 

Caso vocês estejam em um grupo fanático por jogos como o meu é por baralho, há baralhos para jogar e se divertir.

O ambiente é bem sofisticado desde a entrada até a parte de dentro do estabelecimento. Para os que moram em Manaus, fica localizado na Rua Belo Horizonte no Adrianópolis, uma rua após o DB da Paraíba.

Amei conhecer este lugar embora estivessemos realizando a vontade de uma outra amiga. Valeu a pena! Bom meus amores, espero que tenham gostado do especial de hoje! Até a próxima.

segunda-feira, 26 de março de 2018

Novos títulos para a leitura V

Olá meus amores, tudo bem?
Vamos para mais um "Novos títulos para a leitura", espero que gostem da minha sugestão deste mês.

1. Arco-íris de nove cores
Any era uma criança quando recebeu a sentença de que viveria no máximo oito anos. Ainda pequena a vida iria lhe mostrar, através de muitos infortúnios, que mais do que sete cores que compõe o arco-íris haveria outras duas que o complementariam realmente. Descobriu uma vida em preto e branco, mas não estava disposta a caminhar sem cores. 



2. Conto de dragões - Fabi Zambelli
Mariane, uma jovem universitária no auge de seus 20 anos tem uma vida pacata e comum. Desde pequena ela sonha com criaturas místicas e sobrenaturais. No entanto,  esses sonhos começam a ficar cada vez mais reais. A rotina que ela conhecia é completamente a balada quando um garoto misterioso entra em sua vida. O nome dele é Andrey e parece ser perigoso - não que isso realmente importa para mariane já que ela se sente cada vez mais atraída por aqueles olhos verdes e profundos.
Quando Andrey resolve abrir o jogo revelar quem realmente é, o mundo da garota vira de cabeça para baixo e ela se ver envolvida numa guerra sobrenatural, na qual parece ser a chave da vitória dos dragões sobre os giants - criaturas místicas das quais até então ninguém ouvira falar. Mas Há mais mistérios ao redor de Mariane do que ser simplesmente a Arma Secreta.
Desvende essa história!


3. Gaian: o reinício - Cláudio Almeida
É uma fantasia Épica e narrar a os últimos acontecimentos da sétima era daquele mundo que revelaram o nascimento de uma guerra a queda do grandioso reino do norte e o reaparecimento dos Guerreiros sagrados - um grupo destinado a combater o mal que trará a cada povo de Gaian, desespero,  dor, pavor e morte e deseja acima de tudo a destruição.
Quais escolhas devem ser feitas?
O que importara mais?
Embarque nessa aventura!



4. Pérola de areia - Tessa Afshar
Raabe aos seus 15 anos de idade foi levada ao mundo da prostituição pelo homem que ela tanto amava confiava  - seu próprio pai. Com sua inteligência perspicaz e com objetivo traçado ela transformou o sofrimento em sucesso ao conquistar a independência ainda jovem.
Raabe jurou nunca mais confiar em nenhum outro homem.
Será que ela se permitirá amar novamente? 
Descobram!



5.  Anjos: o segredo de Judith - Wudson Silva
Quem imaginaria que naquela pequena e pacata cidade ,onde todos se conheciam, poderia ocorrer um crime tão bárbaro? Judith,  a catequista querida da cidade foi encontrada morta no terreno da igreja onde ministrava as suas aulas. Havia apenas um suspeito homem considerado "bruxo", que teria caído após ter dado uma trombada em Judith depois ameaçou-a com palavras não compreendidas.  Somente uma pessoa poderia resolver esse crime tão aterrorizador e descobrir o verdadeiro assassino - Clóvis, o detetive da cidade grande que desvendava todos os crimes por meio do enigmático poder de ler os pensamentos através de anjos. Ele e Isaías, o policial mal humorado da cidade do interior que questiona os métodos utilizados por seu parceiro, sair em busca de novas pistas.
Conseguir ao detetive Clóvis descobrir o assassino?



6. A última peça - Karina Heid
Não existe nem existirá na sua história momento tão aterrorizante quantos Altar No Vazio na esperança de algo tão etéreo como o amor vai te segurar. O que acontecerá com você depois do Pulo não está exatamente nas suas mãos. Está nas mãos das estrelas do acaso da inevitável sucessão de eventos desencadeados por um arbítrio não tão livre assim. Sua queda será lembrada como uma tragédia ou como o dia em que descobriu ter asas?  foi fruto de sua em consequência ou acontecimentos muito antes planejados?
Aqueles que arriscam e são pegos no ar entendem porque dentre todos os momentos e se é e sempre será o mais poderoso. O momento mais intenso e assustador da vida,  e ao mesmo tempo o mais recompensável. Amor é a razão do porque acreditamos que mares podem ser cruzados e montanhas escaladas. Que voamos até as estrelas para toca-las,   por que apenas sonhar com elas não basta. O universo é sábio,  embora fruto de uma explosão entende que só deu certo porque une seus elementos. Este é um universo que recompensa quem ama muito e sempre ele é. Meu conselho é que confie em alguém que estará de braços abertos e salte.
Vale a pena saltar?



7.  A escolha - Kiera Cass
Quando foi  selecionada para participar da seleção, América não imaginava que chegaria tão perto da coroa - nem do coração do príncipe Maxon. Com o fim do concurso cada vez mais próximo, e as ameaças rebeldes ao palacio ainda mais devastadoras, ela se dá conta de tudo que está em risco e o quanto precisará lutar para alcançar o futuro que deseja.
América já fez sua escolha mas haverá muito mais escolhas para fazer...



8.  Cai o pano - Agatha Christie
Um título da rainha do crime. Já imaginou Poirot inválido? E se 5 crimes tivesse conexão? Conseguirá Poirot, inválido, parar esse serial killer? 
Descubram!



9. Jardim dos famintos - Adams Pinto
Um grupo de pessoas desperta com máscara sobre os seus custos e sem nenhuma lembrança do passado. Eles partiram à procura de respostas em territórios selvagens e apenas juntos conseguirão sobreviver com os mais diversos perigos que se esgueirou nas trevas, entretanto esses mascarados precisarão lidar com suas diferenças e resistir a un misterioso desejo de consumir carne humana que podera destrui-los. Jardim dos famintos é uma jornada através de locais inomináveis, onde o seu Instituto primitivo é a chave para a sobrevivência.



10. A caçada de Goya - Karinna Pimenta 
"A menina. O simbio. O leão negro. E o mais fantástico dos sonhos".  Inspirado na história dos imortais do Himalaia, esse romance envolvente narra a história de Gaia, uma menina que vive no Brasil com sua mãe até o momento em que vê a sua vida se transformar pelo encontro real com Thorum...

Descubra o porque do nome a caçada!



Bom meus amores eu espero que vocês tenham gostado das sugestões!
Até a próxima

domingo, 25 de março de 2018

Dark London: contagem progressiva

Olá meus amores!

Hoje o post será de uma resenha, porém é de um conto. Esse livro é da editora PVB editorial que recentemente passei na sua seletiva. A autora é a Pietra Von Brech, e você pode conseguir esse livro clicando aqui.



Conto é uma história pequena que eu amo. Quando não temos tempo suficiente para lê um livro grande, os contos são uma boa pedida! Além de serem uma fofura são de ótima qualidade.

Antes de entrarmos na resenha propriamente dita, vamos às características física deste conto. Ele se divide em duas partes: a primeira parte conta a história dos personagens principais e o enredo da trama, e a segunda parte que é a continuação de Dark London é chamada Livro 1. 



Acredito até que a partir deste livro um que continuaremos a história. São um total de 59 páginas muito bem distribuídas e organizadas.


Agora entrando na história do livro, nós iremos nos deparar com uma Londres contemporânea habitada por humanos, vampiros e outros seres sobrenaturais que vivem de uma forma harmônica até então. Porém, com o ano de 2017 - o final das eras místicas e o início da corrida para encontrar os responsáveis pelo cumprimento da Profecia das Eras - nós nos deparamos com uma Sangrenta e Cruel Batalha entre os vampiros desgarrados e a realeza que trará consequências catastróficas para os humanos. Ninguém está salvo.



Mas como todo conto tem uma boa pitada de romance nós nos deparamos com o casal principal um sentinela vampiro e uma sacerdotisa pagã, e entre picantes cenas de amor e declarações suspirantes eles viajam através dos anos em reencarnações em busca de ainda continuar vivendo este amor. Com uma linguagem bem realística, a autora teve maestria em demonstrar os sentimentos dos personagens que por si só já são complexos.

O amor entre um Vampiro Sentinela e uma Grã-sacerdotisa humana nos revela muita coisa, inclusive a força de um amor que dura mais de 400 anos. Claro que após um importantíssimo acontecimento - que eu não vou revelar vocês - iremos nos deparar com as consequências e as implicações que irão mudar a sociedade Que nós conhecemos dentro de Dark London de uma maneira colossal.



Então por hoje é só, espero que vocês tenham gostado dessa resenha eu praticamente viciei no livro, li rapidamente e acredito que essa história tem muito futuro,  espero as continuações!

Bom meus amores lembro vocês que autora disponibilizou um livro a mais para sorteio que eu irei fazer assim que eu consegui encaixar a todos os outros sorteios que eu devo. Espero que vocês também possam gostar deste livro tanto quanto eu gostei!

Um grande abraço e até a próxima.

sábado, 17 de março de 2018

Sonata em Auschwitz

Olá meus amores,  tudo bem com vocês?
Hoje iremos embarcar no universo do livro da autora Luize ValenteSonata em Auschwitz


Eu adianto à vocês que esse livro foi publicado pela Editora Record  então vocês podem adquirir por lá ou entrando em contato com autora pelas suas redes sociais,  essa última informação se encontra na aba de autores parceiros aqui do blog.

Antes de entrarmos na história propriamente dita vamos analisar um pouquinho sobre as características físicas do livro. Esse livro é o que eu customo dizer "médio-grade", contendo um total de 376 páginas variando entre capítulos curtos e médios. A narrativa e linguagem é de fácil compreensão e enredo flui com facilidade na leitura.


Posso dizer que com este livro aprendi o verdadeiro sentido e valor da superação. Entrelaçado entre datas e lapsos temporais de estórias do passado e do presente, encontramos Amália, uma jovem descendente de alemão que não sabe nem a metade do passado de sua família até um certo dia em que ela intercepta uma ligação de seu pai com sua avó.

O passado resurge e somos entregues a ruína da Segunda Grande Guerra e o Holocausto contra os Judeus. Uma linda sonata à piano é a única ligação viva entre esses dois pontos que fazem Amália querer cada vez mais saber sobre o passado de sua família e o por quê de seus pais jamais falarem sobre sua família na Alemanha.



Eis que ao finalmente descobri quem é sua bisavó e a conhecê-la, um turbilhão de segredos lhe são entregues.  O nazismo imperou, o campo de concentração foi parte mais dolorosa de se lê e ao me pegar lembrando que todas aquelas lembranças foram verídicas fico envergonhada da raça humana. Porém, quando se menos esperou, um coração ainda humano e não selvagem falou mais alto e trouxe em meio ao caos uma seriedade e paz aos olhos de um bebê recém-nascido.


Foi assim, ao embarcar para o Brasil,  que Amália se viu ao ir de encontro com esse tal bebê cinquenta anos depois. Sobrevivência. Remorso? 

Porque a família de Amália guardou a sete chaves esta sonata? 

Quem é Haya?

Será que depois de tantos anos Haya conseguirá ouvir a Sonata outra vez? 

O avô de Amália está vivo ainda? São tantas perguntas que somente lendo vocês irão descobrir.

Bom meus amores estou que vocês tenham gostado, lembrando que tem post sobre esse livro no face, insta e Skoob.  

Até a próxima.