terça-feira, 27 de junho de 2017

Apenas uma garota comum e novos rostos, novas cores - autora Heloisa Galindo

Olá amores, tudo bem?

Então hoje temos mais uma resenha, a autora do livro se chama Heloísa Galindo e ela tem dois livros que serão resenhados aqui "apenas uma garota comum" e "Novos rostos, novas cores". Prontos? Lá vamos nós.



A P E N A S     U M A     G A R O T A     C O M U M
 
 
 
 

 
" Serena ainda estava intrigada com o livro. Claro, ela já havia descoberto o que todas aquelas mudanças nela, mas ainda não sabia o porque nem o que sua mãe tinha a ver com tudo aquilo. No dia seguinte, depois de ter quase lido o livro inteiro umas cinco vezes e, ainda assim, não ter encontrado nada que fosse útil, encontrou  um capitulo escondido. Mas havia um problema: todas as páginas haviam sido arrancadas dele..."
 
 
 
 
 
 
 
 
      Iniciaremos com o primeiro livro da autora " apenas uma garota comum", o qual a história é contada em terceira pessoa e nossa principal personagem é Serena, uma garota comum de quinze anos, tímida, inteligente e muito esperta. - Como a autora começou a escrever muito cedo eu acabei associando as emoções e modo de ser de Serena com os da própria autora, mas será que ela é assim?

     Não conhecemos seus pais, pois estão ocupados com a avó de Serena, que anda muito doente. A ausência constante deles a magoa muito, mas ela não quer deixar isso transparecer, sempre  se mostrar forte. O pior é que, para ela, os pais sempre preferem sua irmã Sierra. Ela acredita nisso pois eles levaram a caçula com eles na viagem e deixaram-na sozinha.

    Sua melhor amiga é Aísha: elas se conhecem desde sempre, sabem tudo uma da outra e sempre se amparam nos momentos difíceis. E sempre no mundo adolescente terá uma rival, esta se chama Caise - uma menina enjoada, mimada e irritante.

     No dia do seu aniversário de dezesseis anos, a  menina que até então nutria expectativas de que seus pais fossem ligar no seu aniversário para lhe desejar os parabéns fica frustrada quando isso não acontece, nem no dia do aniversário de 16 anos e nem nos dias posteriores. A partir daí, coisas estranhas acontecem: seus olhos mudam de cor conforme seu humor, passa a sentir pontadas nos olhos e na cabeça, sem contar que seu apetite muda drasticamente!

     E para piorar um pouco: por ela ter se dado mal na prova de matemática, é obrigada a receber um tutor em casa para ter ajuda nos estudos. Mas seu novo tutor é Caise! É claro que isso é - mas coloca muito - desconfortável, - eu lá ia querer minha rival como minha tutora, só se fosse de box ou alguma arte marcial onde eu pudesse usá-la como meu saco de pancadas, tá parei haha - mas algumas coisas bem estranhas começam a acontecer.

     Aísha como o excelente amiga que é tenta de todas as formas acalmar a amiga, e as duas partem em busca da verdade sobre as dores de cabeça de Serena e as mudanças de cor dos olhos, e o resto eu deixo para vocês descobrirem!

      Esse livro é bem curtinho, você consegue o lê em menos de uma tarde. Eu gostei da história e bem criativa. Vale a pena lê !
 
 


 N O V O S    R O S T O S      N O V A S    C O R E S

 

 " A voz de Aísha simplesmente morreu. Suas mãos estavam brilhando e tanto ela quanto Serena podiam sentir que a área onde estava o corte estava ficando cada vez mais quente. Serena podia sentir que, de alguma forma, o corte em sua perna estava curando. Ela sentia sua pele se regenerar. E, assim como veio, o calor foi embora e os cortes na perna de Serena e Aísha haviam sumido, deixando somente uma pequena cicatriz esbranquiçada. "









     Nessa continuação ainda mais surpreendente, Serena continua em sua busca por respostas para o que está acontecendo a sua volta. Apenas alguns dias se passaram desde que ela seu verdadeiro eu - isso me lembra me infância com uns dos filmes da Barbie, aquele mermaid - mas parece que as coisas tendem sempre a piorar em um curto período de tempo. Sua vida está de pernas pro ar.

     Como se não bastasse ter que esconder o seu segredo, Serena recebe mensagens ameaçadoras de alguém que diz saber o seu segredo. A partir de algumas folhas, nossa heroína decide esconder seus poderes o máximo que consegue - ainda bem que ela conta com a ajuda de sua melhor amiga- , porém não é nada fácil já que James mexe com os poderes e o coração de nossa Serena.

     Como o título sugere surge novas cores na vida de Serena - e quando você lê irá descobrir o por quê - e também novos rostos. Uma garota misteriosa, um novo aluno estrangeiro, o que mais acontecerá como nossa heroína? Ah isso vocês terão que descobrir!
 
Mas lembrem-se para proteger a si mesma e a quem ama somos capazes de tudo!
 
 
 
Então amores o que acharam dos livros? Eu gostei muito, além do mais é uma leitura divertida e rápida. Vocês podem adquirir esse livros nas maiores livrarias do pais, ou entrando em contato com a autora acessando a aba "Autores Parceiros".
 
Um grande abraço e até a próxima.








sábado, 24 de junho de 2017

A caçada de Goya - Karinna Pimenta

Olá amores, como vão?

Hoje temos uma resenha do gênero fantasia, da minha querida autora Karinna Pimenta. Esse livro foi lançado pela editora portuguesa Chiado, e o mais engraçado é que esses dias eu venho lendo muitos livros dela!


Tenho vários motivos para indicar esse livro à vocês mas enumerei uns antes de fazer a resenha:

1. É do gênero fantasia, como muitos seguidores me pedem sobre algo do gênero aqui está uma boa pedida.

2. Tem cenários paradisíacos que te fazem usar e abusar a imaginação, acreditem a escrita da autora nos faz viajar para os lugares descritos.

3. Confrontos épicos, você chaga a prender a respiração! Acredito que nunca li paginas tão rapidamente como fiz com esse livro! Nem os da Agatha Christie.

4. Tem muita mais muita aventura, o que faz do livro tão suave e ao mesmo tempo tão divertido!

   
 
    Tudo começa com um sonho, nossa heroína Gaia, se vê em um mundo totalmente diferente ao qual ela vivia. Dias e dias sonhando sempre com a mesma coisa, traz tormento e confusão para nossa pré-adolescente que até então vivia com sua mãe confortavelmente em Minas. Saindo de sua vida tranquila, Gaia é jogada em uma realidade totalmente diferente a qual estava acostumada; o monstro que lhe atormentava agora era real e tinha uma fisionomia, mesmo que disforme e destruída. Ela estava diante de um Leão Negro, O Thórum.

    A mãe de Gaia, Eme, ao vê sua filha que era tranquila ser atormentada por terríveis pesadelos não pode contar com ninguém, pois Gaia era órfã de pai. Ela não vê outra solução a não ser levar a filha para o Vale do Sol, morada de Tiámorê, o lugar mais seguro que conhece, pois sabia que os sonhos eram reais e algo estava para acontecer. Embora nenhum lugar seja seguro para Gaia, ela está prestes a descobrir a sua verdadeira origem.

   No decorrer dos capítulos, as origens são descobertas e a herdeira do simbio imortal precisava enfrentar o perigo maior que ameaçava a destruir junto com todo o seu povo, os Goya.
  

    Mas deve está tudo confuso para vocês, quem são os Goya? Goya não é apenas o povo que vive em Vallejabor, que possui essência animal (lobo, leão ou águia), dons e uma profecia. Goya, são aqueles que possuem o livre-arbítrio de escolher a luz ou a escuridão (o bem e o mal) e que dão a vida e a coragem para salvar os seus. E é esse o povo de Gaia, uma jovem menina que nasceu com o símbio, a marca da imortalidade. É por eles que Gaia deve lutar... E a caçada vai começar...  


Um livro repleto de magia e o melhor a autora diz que foi inspirada nas histórias dos Imortais do Himalaia!

 Elementos físicos: A capa, sem comentários de tão maravilhosa que é! Amei a seleção de cores combina com o ritmo da história. A escrita é de fácil compreensão, porém os detalhes poderiam ser maiores. A diagramação é simples e a fonte grande são confortáveis, o papel usado na edição é poroso e a sensação é deliciosa ao toque.  Então amores, por hoje é só. Espero que tenham gostado da resenha e este livro está a venda na Amazon e Saraiva.  
 
 


Agradeço a autora pela confiança e por todo o carinho!!
Lembrando que o contato da autora está na aba autores parceiros.

 

  

 

 
 

 
 
 


quinta-feira, 15 de junho de 2017

O ladrão de sonhos - Fábula de Lincon Walter

Olá amores como estão?
 
Hoje eu trago mais uma resenha de autor parceiro. Desta vez iremos falar sobre o livro "o ladrão de sonhos", lançado pela editora Chiado e escrito pelo autor Sidnei Coelho.
 
Apenas para nível de conhecimento vamos vê o conceito de fábula:
 
"A fábula é uma narrativa em prosa ou poema épico breve de caráter moralizante, protagonizado por animais, plantas ou até objetos inanimados. Contém geralmente uma parte narrativa e uma breve conclusão moralizadora, onde os animais se tornam exemplos para o ser humano, sugerindo uma verdade ou reflexão de ordem moral. "

 

 "Bem vindos ao mundo do Ladrão de Sonhos."

 
Nossa história se passa no Vale das Montanhas Gêmeas, onde Lincon Walter, nosso protagonista, é um rapaz de uma família abastada e com um futuro muito promissor, o qual vive com os irmãos e seus pais.

Lincon era considerado o menino prodígio da Família Walter, muito popular em sua cidade, amante dos esportes e com uma grande inteligência, conduzia diversos projetos muito grandiosos. Todos esperavam muito dele e até então ele atendia às expectativas. Porém, é apenas um jovem, mas já tem o mundo nas mãos. Conhecido por ser o primeiro campeão juvenil do país em natação, com talento nato para piano e violão e o melhor estudante de engenharia, ele não vê nada na sua frente a não ser o sucesso.

 Junto com seus amigos de faculdade, eles criam o Voice Project, que consiste em um programa com programa de voz, que captava os assuntos dos engenheiros e elaborava cálculos para a melhor forma de realizá-los. E foi nesse projeto que Lincon começou a se perder.
 
Sara, sua irmã, havia lhe dito que ele se perderia em um abismo que talvez ninguém pudesse salvá-lo. Com o ego enorme, é claro que ele não acreditou. Querendo toda glória para si, ele disse aos seus amigos que queria uma porcentagem maior no projeto, pois visava seu nome em futuras reuniões e debates sobre o Voice Project. Como eles não aceitaram, Lincon começou a se afastar de tudo e de todos.

Chegou um momento no decorrer dos capítulos em que ele perdeu tudo, estava vivendo na rua, como um mendigo. Ele passou a sentir muita raiva de tudo que perdeu, e de todos ao seu redor. E ele dormia. as não era apenas sonhar, ele descobre que tinha poderes; esses poderes são de roubar os sonhos das pessoas. Lutando muito com os poderes, é tentado a testá-los, até que ele entra no sonho de alguém. E o rouba, levando trevas e ódio a todos, descontando nas pessoas o seu fracasso e amargura do coração. E passa a fazer isso com todos da cidade até não haver mais alegria nem esperança. Apenas uma pessoa foi poupada. 

 Em mais um dia foi dormir feliz por roubar mais um sonho, porém Lincon teve uma grande surpresa. Encontrou uma garotinha de 5 anos que o via, e conversava com ele. Atordoado, ele não sabia o que fazer, e foi buscar ajuda de sua irmã, Sara. Assim começa a sua nova aventura, dessa vez de transformação, ao conversar com a criança, que é muito inteligente e o ensina muitas lições de vida. Ele começa a se afeiçoar com ela, até ela pedir uma coisa: devolver um sonho.

 Qual a reação de Lincon? Realmente ele mudou? Isso vocês irão descobrir!
 
 
Falando sobre a parte física do livro, além de ser muito lindo, é de uma leitura fácil e rápida. Sua escrita me parece ser voltada para crianças porém isso é justificável pois é uma fábula. Capítulos curtos o que torna o livro muito mais agradável, sem falar que tem ilustrações lindas. Enfim uma excelente leitura, pois traz varias lições de vida onde podemos cada vez mais nos enriquecer.
 
Lembrando que o contato do autor se encontra na aba "autores parceiros" aqui do blog e além dessa resenha tem mais umas no facebook, instagram e skoob.
 
Até a próxima amores!!!!



 
 

Autora Alice Raposo

Olá meus amores, como estão?
 
Hoje vamos conhecer mais um pouquinho sobre a autora Alice Raposo cuja obra parceira aqui no Blog é Maria do Sol. Separei as perguntas de forma para quem lê a resenha conseguirá absorver melhor as respostas e, consequentemente, terá uma melhor compreensão.
 
Vamos lá?

 

Nascida no Maranhão, estudou até a quarta série quando veio passar férias no Piauí e recebeu a notícia que não mais voltaria. Escreveu peças de teatro apresentadas na Igreja sob sua direção. Fez curso de teatro e participou de grupos de teatro também. Cursou até o quinto período de odontologia na UFPI, depois cursou Direito no Instituto Camillo Filho. Atualmente é servidora do judiciário trabalhista.

 
1. Como surgiu a vontade de escrever? 
 
"Sempre amei ler, ouvir e ver histórias sendo contadas. Admiro um bom enredo, algo que te deixe sem palavras. Desde pequena escrevi poemas e peças de teatro para serem apresentadas na igreja. Quando adolescente escrevi um livro de aventura, mas acabei perdendo os escritos. Hoje não me vejo sem está escrevendo um  história, pois para mim é prazeroso... é vida!"
2.  Qual foi a maior inspiração para escrever seu livro?

“Maria do Sol surgiu de um sonho que eu tive. Achei o sonho muito interessante e escrevi um pequeno conto. Com o tempo as ideias foram surgindo e a Maria do Sol foi criada.

Em busca do Príncipe (não ) Encantado surgiu de uma conversa que eu tive com algumas amigas. Estávamos falando sobre relacionamento e eu brinquei que ia escrever um livro com o nome de Em busca do Príncipe (não) Encantado. Naquele dia eu não tinha qualquer noção sobre a história, tinha apenas o nome e com o tempo a nossa Maria Flor nos deu o ar de sua graça.”
 
3. Os personagens são baseados em pessoas reais? 
 
"Não. Até o momento não escrevi nenhum com base em pessoas reais. Todos são fictícios."
 
4. O que costuma fazer como hobbies? 
 
"Ler, ver filmes e ouvir música. Adoro viajar!"
 
5. Quais são as suas influências literárias ?
 
"Acredito que tudo o que lemos exerce uma certa influência sobre nós, mas vou citar alguns: C. S. Lewis, Machado de Assis e O. G. Rego de Carvalho."
 
6. Quais foram as histórias que mudaram sua vida?
 
 "O tráfico de Anjos, que foi o primeiro livro que eu li. Somos todos inocentes, O G Rego de Carvalho, Dom Casmurro de Machado de Assis, e assim vai. "
 
7. Existiu alguma inspiração em especial para escrever seu livro?

"Não conscientemente. ( rsrs)"
 
8. Como você se vê ?

"Sou uma pessoa tranquila que luta pelos seus ideais. Tenho muita fé em Deus, e me considero sonhadora e determinada." 
 
9. Como voce vê sua obra?

"Imagine como uma mãe vê um filho? Rsrsrs É bem assim.  Eu gosto de ler o que eu escrevo, mas confesso que sempre que leio quero acrescentar algo, modificar alguma situação. " 
 
10.  Qual o seu gênero favorito? 

"Ficção científica"
 
11. Gosta de lê em primeira ou terceira pessoa?

"Gosto de ler em primeira pessoa."
 
12. Uma citação favorita?!

"Em momentos de aflição: “Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus” .Salmos 46:10

Fé, foco e força!

 ESPAÇO BÔNUS: UM RECADO PARA OS FÃS.

"Para meus fãs eu quero deixar o meu muito obrigada e dizer que é imenso o meu carinho por vocês lerem meus livros. Faço com todo zelo buscando construir uma história prazerosa de se ler, imaginar e sonhar. Adoro vocês. Podem entrar em contato comigo pelas minhas redes sociais, eu vou adorar. Nunca esqueçam que sonhar é maravilhoso e faz bem para nossa existência. Não é por que algo é difícil de ser alcançado que vamos desistir no primeiro empecilho."

Então amores, o que acharam da entrevista? Eu super amei! Quero agradecer a autora por ter aceitado a parceria e me proporcionado uma excelente leitura com seu livro. Recomendo o livro Maria do Sol, a resenha está nos marcadores e na aba Resenha. A autora tem seu contato na aba autores parceiros.

Um super beijo amores!
Até  a próxima.

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Ultravioleta - A monarquia das Flores

Olá meus amores como estão?

Temos hoje mais uma resenha! Desta vez, irei descrever à vocês sobre o livro da autora Beatriz Moraes, "Ultravioleta - A monarquia das Flores".
 
   Neste livro nos deparamos com Valerie a qual mora com a mãe e uma irmã, refugiadas da guerra numa cidadezinha isolada e em segurança, longe da guerra, chamada Noary.
    Nossa personagem principal sempre soube que era diferente com ambições e sonhos diferentes. Valéria não consegue dormir bem por conta de seus sonhos, sempre envolvendo uma rosa, esse sonho é visitado sempre por um garoto belo mas não um amor em pessoa. Nesse lapso temporal da história chega na cidade um garoto novo, Randy, junto com a sua família. E o rosto do garoto novo é igual ao do garoto dos sonhos.

    Junto com a chegada de Randy, coisas estranhas começam a acontecer, pessoas estão sendo mortas e desaparecem de uma hora para outra, talvez o que esteja acontecendo nesta pequena cidade tenha relação com os sonhos de Valerie. O pai da jovem é um desses que sumiram do nada, mais há algo estranho, no dia do seu desaparecimento foi encontrado em seu carro uma rosa, e essa mesma rosa aparecia constantemente nos sonhos de Valerie.

    Com o tempo, os pesadelos de Valerie passam a ser mais reais, ela começa a ver seres estranhos em plena luz do dia que a perseguiam onde quer que ela fosse. A partir daí ela começa achar que seu melhor amigo, Randy sabe algo e esconde dela, pois nos seus sonhos Valerie encontra um garoto parecido com seu amigo. Vale ressaltar que ela conheceu Randy na escola, enquanto o mesmo levava uma surra de um valentão que mandava e desmandava por lá.

    A narração é em primeira pessoa pela visão de Valerie que deixa a trama mais subjetiva, dando-nos a sensação de proximidade dos fatos, mais ao mesmo tempo a gente fica também com um pé atrás com tudo que acontece.

    Depois de tudo o que está rondando de diferente na vida de Valerie, pra completar sua irmã desaparece e isso deixa a jovem ainda mais desestruturada, pois sua irmã era muito especial para ela. E as coisas começam a ligar-se, formando um certo sentido para Valerie. Aquela rosa que sempre estava presente em seus sonhos nada mais é do que uma arma chamada Charmosian que ajudará Valerie em sua jornada a outra dimensão, a dos mortos, chamada de A monarquia das rosas.
 
   Aqui temos a morte traída, o mundo que conhecemos desmorona e acreditamos que o amor salvaria. Porém, o destino é mais rápido e o enredo mais intrigante ao ver duas pessoas de universos diferentes serem unidas por uma terrível maldição que se alastra. Entre as faíscas de amor e ódio, há um turbilhão de inimigos que se levantam, cada vez mais sedentos pela humanidade que ainda existe em suas almas. Assim, encontramos respostas para o inicio e o fim, nesta luta pela descoberta da verdade e da força existem reviravoltas que nos prendem. A trama é costurada por reviravoltas marcantes na vida de nossa personagem principal Valerie, desde o inicio em que sonhos revelaram a ela a força da realidade, redescobrindo o real significado do viver. E, na guerra  ou na glória, sempre guiando-se pelo sol.

Falando sobre a parte física do livro, ele possui 489 páginas de puro mistério com capítulos que alternam do médio para o pouco. São vinte e quatro capítulos muito bem escritos; fácil compreensão e linguagem em alguns momentos difícil mas nada que lê com a atenção não resolva.
 
Sempre se lembrará estranha rosa apoderada em chamas, chamuscando tão singularmente quanto as  próprias cores da alvorada.
 
   

sábado, 3 de junho de 2017

Autor Jairo Azevedo

Olá meus amores! Tudo bem com vocês?

Hoje eu trago mais uma entrevista quentinha com um autor parceiro aqui do Blog. Desta vez estou falando do Jairo Azevedo o qual escreveu "As crônicas do Planeta Alma." Vamos lá conhecer um pouquinho dele?


 
Jairo é natural de Campo Formoso na Bahia e desde criança era apaixonado pela leitura e escrita. Escreveu seu primeiro conto aos quatorze anos e desde então aprimorou sua escrita. Aos vinte e seis publicou o seu primeiro livro de fantasia. Atualmente o autor mora em São Paulo.

 
1. Como surgiu a vontade de escrever? 
 
"Desde criança minha mãe lia livros para eu dormir e eu ficava encantado com a possibilidade de alguém poder deixar uma história eternizada em um livro. Na infância e adolescência escrevia pequenos contos e depois passei a escrever histórias maiores."
 
2.  Existem inspirações para escrever a história do seu livro?
 
"Eu gosto muito de ler sobre mitologias e sempre quis criar uma para chamar de minha. Então resolvi escrever As Crônicas do Planeta Alma inspirado na complexa alma humana."

 
3. Os personagens são baseados em pessoas reais? 
 

"Meus personagens são baseados nos sentimentos. A princípio os chamaria apenas pela qualidade de cada um, como por exemplo, Princesa Esperança, mas achei melhor criar um nome para eles e deixar os sentimentos apenas como um título. Por exemplo: Princesa Asan, a esperançosa."

 
4. O que costuma fazer como hobbies? 
 

"Meus hobbies principais são: ler, escrever, ir ao cinema e assistir filmes e séries. Este último está tomando muito meu tempo e pretendo policiar mais ele. (risos)"

 
5. Quais são os seus autores favoritos?
 

"J. R. R. Tolkien e J. K. Rowling (como já mencionei acima), Machado de Assis, Dan Brown, José Saramago e Stephen King."

 
6. Quais foram as suas influências no mundo literário?

 
"Gosto de ler quase todos os gêneros, mas se tem um gênero que me prende e me faz esquecer tudo a minha volta é a fantasia. Destes, os meus dois favoritos são J. R. R. Tolkien e J. K. Rowling. Na infância meu primeiro livro “grande” que li foi O Hobbit. Ali descobri que a fantasia seria meu gênero favorito. O que se confirmou quando terminei de ler a trilogia de O Senhor dos Anéis. Sempre tive uma admiração por Tolkien, mas só quando li sua biografia intitulada J. R. R. TOLKIEN, O SENHOR DA FANTASIA de Michael White que pude ter certeza que Tolkien era especial para mim. Se Tolkien marcou minha infância, há uma autora que aprendi a venerar na minha adolescência. Ela é J. K. Rowling. Não tenho muito que detalhar sobre ela, simplesmente posso resumir em: ela é fantástica. Esses dois autores foram minha inspiração para escrever meu primeiro livro, de fantasia, claro."
 
7. O que dizer a todos aqueles que têm o sonho ou pretendem ser um escritor?
 
"Darei três dicas que levarei por toda a vida. A primeira de todas: leia muito, os mais variados gêneros. Ninguém se torna um profissional em uma área se antes não dedica o seu tempo estudando sobre. Fazendo isto, você terá dado o primeiro passo. A segunda dica: esteja preparado para ouvir “nãos”. No mundo literário você ouvirá muitos. Não importa se sua obra é boa ou não. Se até mesmo J. K. Rowling ouviu vários “nãos” no inicio de sua carreira saiba que com você não será diferente. A terceira: ame escrever. Faça por amor e não pensando no retorno financeiro. Acredite você terá menos frustrações pensando assim."

 
8. Como você se vê (pessoa)?
 

"Sou uma pessoa complexa que valoriza muito os amigos; sou muito exigente comigo mesmo e não tolero hipocrisia."
 
9. Como você vê sua obra?
 
"Sempre que escrevo quero transmitir uma mensagem ao leitor. Na minha obra procurei passar uma mensagem de esperança. Minha personagem principal, a princesa Asan, a esperançosa, é uma personagem forte. Ela surge no Planeta Alma e fica encantado com aquele lugar paradisíaco, cheio de flores e borboletas de fogo, animais mitológicos, castelos de ouro, de rubi e montanhas prateadas. Porém, quando ela descobre que há uma guerra iminente, a princípio se desespera, mas ela não se deixa abalar, busca por todos os meios uma solução para evitar o mal que está por vir. O mundo político atual está um caos. Assim como a princesa Asan, a esperançosa, devemos fazer a nossa parte. Devemos lutar pela paz e ter esperança em um futuro melhor."

 
10.  Qual o seu gênero favorito? 

 
"Fantasia, pois acredito que é sempre bom sair um pouco da realidade em que vivemos e fazer uma visita ao mundo fantástico."
 
11. Possui outras obras? 
 
"Atualmente estou participando de uma coletânea de terror junto com autores da minha editora (Selo Jovem) intitulada Não Apaguem as Luzes. Ela tem previsão de lançamento na Bienal do Rio 2017. Posso adiantar que meu livro As Crônicas do Planeta Alma é uma duologia e estou escrevendo o segundo livro, mas não posso revelar ainda o título (risos)."
 
12. Uma citação favorita?!
 
"“Se você pode sonhar, você pode fazer.” Walt Disney"
 
Espaço bônus: um recado para os fãs. 
 
"Muito além de ser lido, desejo transmitir uma mensagem para cada leitor: nunca percam a fé na humanidade e tenha sempre esperança que tudo pode mudar para melhor. Ah, e que a paixão pelos livros cresça cada dia na nossa alma!"
 
 
Então meus amores gostaram? Gostei bastante em poder conhecer melhor o autor de um dos livros que mais me encantou nesse ano. Obrigado ao autor por ter topado a oportunidade e principalmente por ter aceito a parceria.
 
Um grande abraço, até a próxima.

quarta-feira, 31 de maio de 2017

O Espelho do monge - Rossana Dias Vitachi

Olá meus amores! Tudo bem com vocês??
 
Hoje para a alegria dos corações de vocês eu trouxe uma resenha de dois livro, sim, dois livros. Eles fazem parte da trilogia "O espelho do Monge", da autora Rossana Dias Vitachi.
 
 
Características do livro:  São dois livros leves, com as folhas que parecem algodão de tão macias. Todos os dois são dividis em capítulos curtos e o total de folhas juntos é de quatrocentos e trinta e nove.
 
      Tudo começa com Safia e sua  obsessão: Encontrar um artefato arqueológico conhecido como O Espelho do Monge. Tal artefato segundo as “lendas” diz que aquele que se olhar no espelho pode ver como é sua alma.

     Safia está determinada a encontrar o espelho e para isso conta com a ajuda de Artur, o seu guia na busca e um amigo. Mas ambos não esperavam que esse caminho seria cheio de obstáculos e que nenhum deles é digno de retirar o espelho de seu local, onde está guardado por muitos anos. Ela decide enfrentar o obscuro mesmo assim e se põe em perigo, sendo salva por Artur, que indignado com a atitude da moça, decide por não mais ajuda-la.

       No desenrolar dos capítulos, Safia precisa retornar para  casa sem o espelho e mais uma vez sem saber o que fazer. Recebe então a oferta de Adônis, o mais novo amigo de seu pai e que se mostra interessado pela busca e promete ajudá-la na empreitada.

     Mas nem tudo sai como deveria,  nossa autora gostar de fazer suspense, e assim, descobrimos que o artefato já foi encontrado e  Safia - corajosa como é - tenta a todo custo recuperar o objeto. Porém, quando ela consegue, descobre que em sua jornada não é a única que deseja o objeto e também que não esta mais sozinha. O mal e o bem a rondam. Um para por as mãos no objeto e apagar para sempre a luz do mundo, o outro quer  a guiar pelo caminho correto, mesmo que ela ainda nem saiba qual seja.

    Então resolve enfrentar o medo e se olha no espelho e quando ela se olhou algo inesperado aconteceu... Aqui vocês terão que lê! Podem me chamar de mal, eu deixo.
 
 
    Já no segundo livro, no começo, Artur e Safia descobrem que sua amizade é muito mais que isso, e os dois se entregam ao amor. Porém no desenrolar da história começa a perseguição, de todas as formas o inimigo quer evitar um casamento e uma futura junção de forças.

    A busca pelo Espelho continua e agora tentam mantê-lo seguro, não o deixando cair em mãos erradas. Safia e Artur enfrentam diversos obstáculos para manter a salvo o Espelho e seu amor, o inimigo não deixa de atacar das formas mais absurdas possíveis.

    O destaque desse livro é o aprendizado de Artur, o qual desenvolve um conhecimento a mais sobre si e sobre o seu mundo no Espelho. Safia também aprende muito com seus medos e aflições, ainda mais tem que lutar pois contém nessa história uma linda surpresa, o que acredito que será a continuação para o terceiro livro - que eu já estou louca para lê!!.

    É uma experiência incrível lê esse livro, além de uma história com um enredo maravilhoso, possui uma narrativa boa e suave. Nos faz mergulhar de cabeça na história, e o melhor são capítulos suaves!! Quando você percebe ja leu o livro todo.  Super recomendo essa linda história cuja mensagem deve ser lida com atenção, pois trás uma mensagem muito bonita misturada com uma ficção muito bem criada.
 
 
 
   Posso até arriscar a dizer com certeza  que é uma das mais criativas que eu li. Além de trazer excelentes reflexões nos apresenta o gênero Imaginação moral o qual foi inaugurado pela própria autora. Este gênero é uma mistura gostosa de fantasia e cunho religioso mas sem as imposições. Aqui o leitor é totalmente liberto para acreditar ou não no que está na narrativa. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Quem quiser saber mais sobre os livros pode entrar em contato com a autora. Todos os seus contatos estão na aba autores parceiros.
 
Até a próxima amores ♥