O Espelho do Monge: A Espada.

Olá meus amores! Tudo bem?

A alegria de blogueira é quando o carteiro trás livro né, foi assim que me senti quando chegou o pacote da Chiado com o último livro da trilogia O Espelho do Monge - A Espada. Esse livro é da minha querida autora parceira Rosana Dias e você pode adquirir ele com a autora clicando aqui ou indo em suas redes sociais, ela se encontra no insta.




Bom meus amores como vocês sabem esse é o último livro da trilogia e vamos acompanhar nele o desfecho final da história do espelho do monge, dos personagens marcantes como Arthur e Safia entre outros.



O livro nos leva para um pequeno retorno dos personagens e o pequeno Vitor - filho do casal de protagonista que surge no segundo livro - está maior e vivendo bem com seus pais. Também vemos o demais personagens da trama com seus desfechos trazidos do livro dois - a perseguição.

O anjo Seth aparece agora como guardião e amigo de Vitor, aquele que possui a missão de enfrentar o inimigo que retorna para o confronto final e a guerra reinicia com um inimigo mais violente e sedento de vingança. Um novo objeto surge, a espada, tão poderosa que pode auxiliar na luta contra o inimigo.



Uma história supreendente e cheia de emoção! Valeu muito a pena a acompanhar. Os persogens são complexos o que nos faz sentir as suas emoções, seus sentimentos, suas angústias.

As características físicas do livro são boas, como sempre Rosana tem uma escrita fácil e boa, perfeita a compreensão. A narrativa é fluente e faz a leitura ser rápida, são 216 páginas de um excelente trabalho! O melhor foi acompanhar os anexos com os personagem  e já adianto que tem belas supresas!



Meus amores, eu espero de coração que vocês tenham gostado da resenha de hoje. Até a próxima e não deixe de acompanhar nossas redes sociais! 

Comentários

  1. Obrigada pela resenha empolgante!! Muito feliz por sua recomendação e parceria ;)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Autor Rafael Silva

Autor Rafael Dias

Autor Henrique Rossi