quinta-feira, 9 de março de 2017

Entrevistando a autora Alane Brito

  Olá meus amores, antes de mais nada um feliz dia das mulheres atrasado - eu sei não venho postando muito mas a faculdade não está me dando tréguas.
   Hoje trago uma entrevista muito fofa com autora Alane Brito do livro "O que me disseram as flores" - aquele que me fez chorar como um bebê! Até hoje eu quero bater na Ângela.
 
Vamos a entrevista?!
 
1 - Como surgiu a vontade de escrever? 
“Na adolescência. Na verdade, comecei fazendo quadrinhos, então depois de um tempo me dei conta de que escrever dava menos trabalho. E me apaixonei.”
2 - Existe inspirações para escrever a história dos seus livros?
“Sim, já me inspirei vendo filmes, uma imagem, alguma situação do cotidiano... A atitude de Ângela de fazer de tudo para Willian desistir dela e ele continuar insistindo mesmo assim, em “O Que Me Disseram as Flores”, por exemplo, tirei de uma experiência que eu mesma vivi com um rapaz. Mas não fui má como ela! (risos)”
3 - Os personagens são baseados em pessoas reais? 
“Não necessariamente... Uma atitude ou outra, sim, como as que citei acima, mas relacionadas às personalidades não pensei em ninguém em especial.”
4 - O que costuma fazer como hobbies? 
“Assistir séries e filmes, ler, faço curso de violino...  De vez em quando desenho também.”
5 - Quais são os seus autores favoritos?
“Pergunta difícil, vou deixar em branco. (risos)”
6 - Quais foram as suas influências no mundo literário?
“Quem me apresentou esse mundo maravilhoso foi minha mãe e as principais influências são os autores dos primeiros livros que ela me indicou, como Laura Ingalls Wilder e Stephen King.”
7 - O que dizer a todos aqueles que tem o sonho ou pretendem ser um escritor?
“Eu sei que é clichê, mas que corram atrás do sonho. E que escrever não é só ter uma boa ideia, mas dedicação. Não adianta encher as páginas de letras e a história não ter conteúdo, ser cheia de falhas. Busquem aperfeiçoamento, não achem que é só obrigação dos revisores saberem tudo para consertarem seus erros. Sejam pacientes e humildes, não queiram subir passando a perna em ninguém. Se for mesmo o que querem, as dificuldades que virão não te farão desistir.”
8 - Como você se vê?
“Eu sou uma pessoa muito tímida e ansiosa, tenho muitos sonhos, mas não me permito voar alto demais, sou bem realista. Tanto dar o meu melhor em tudo que me dedico a fazer, mas quero sempre melhorar cada vez mais porque sei que ainda não está bom o suficiente. Aceito críticas numa boa, contanto que saibam como fazê-las. Ah! E dou risada por qualquer coisa, acho que muita gente pensa que sou abobalhada. (risos)”
9 - Como você vê suas obras?
“Eu gosto das histórias, mas sempre acho que a escrita poderia ser melhor.”
10 - Qual o seu gênero favorito?
“Sou bem eclética, mas tenho preferência por fantasia, distopia, suspense e romance.” 
11 - Possui outras obras? 
“O nome de todas são: O Trio, O Que Me Disseram as Flores, que são romances. O Voador e Não fique Sozinho, ambos contos. Tem outro que será incluído em uma antologia que será publicada este ano pela Editora Young, sobre psicopatas. Até então o título do meu conto será: A Quem Interessar Possa. Meu lançamento mais recente é O Segredo dos Becker, outro romance, mas este com uma boa dose de suspense, que já entrou em pré-venda no site da Editora Arwen.”
12 - Uma citação favorita.
“É uma bem simples, mas que eu uso muito em minha vida: “Para tudo se tem um jeito”.”
Espaço bônus: um recado para os fãs.
“Primeiro quero agradecer pela oportunidade! Amei as perguntas! E agradeço aos leitores lindos que já me deram uma chance e aos que ainda me darão, já sou grata por antecipação! Vocês são pessoas maravilhosas por apoiarem a literatura nacional, por escolherem ler meus livros em meio a tantos outros. Jamais encontrarei as palavras certas para expressar o quanto sou agradecida por isso.
Beijos para todos!”
 

       Ah que fofura essa entrevista! Não é atoa que es tão boa em escrever romances ainda mais romance de época. Fico super feliz quando posto essas entrevistas, pois tenho a oportunidade de conhecer melhor os meus autores parceiros.
       Lembrando amores, que o livro da Alane é vendido pela Editora Arwen e você pode encontra-la no instagram como @alane.bri_to, ela é um amor, não tenham medo de falar com ela.

Até a próxima,
Abraços e beijos!!
 


 
 

Um comentário:

  1. Oiii!!! Amei responder suas perguntas, foi um graaaande prazer!! Muito obrigada pelo convite! <3 <3

    Beijos!!!

    ResponderExcluir