sexta-feira, 14 de abril de 2017

Segredos Obscuros - Caroline Demantova

Oi meu amores!! Eu sei faz um tempinho que eu não posto resenha, mas hoje vou atender seus pedidos.
   Estou trazendo uma excelente trama, porém grandinha. Esse livro contém 558 páginas e é da autora Caroline Demantova, mais uma linda autora parceira aqui do blog, quem quiser entrar em contato com ela só dá uma passadinha na aba "Autores Parceiros" e lá encontrará o contato.
     Eu ainda estou perplexa com tanta qualidade nesse história, - sério, é de um alto nível! com tanta inteligência em escrever. Claro, a autora mesmo já me confessou sobre suas influências literárias e acredite ela chega quase ao nível da Rainha do Crime. Sim, e o melhor, é um livro policial.
    A história se passa em Santa Leocádia, e temos supostamente duas vítimas. Cristiano e Barbara. Ele foi acusado de sequestrar e matar a própria esposa e foi encontrada evidências que o acusaram, levando-o a prisão. Porém, o mais curioso é que Barbara foi encontrada e sua morte tinha acontecido a duas horas antes de ter o corpo achado;  retirando assim, toda a culpa que caiu sobre Cristiano. Em seguida, Cristiano sofre um acidente tendo tanto carro quanto vítima desaparecido totalmente! Intrigante não? É aqui que Roxana aparece.
    Roxana é uma ex-modelo famosa por escrever seu livro sobre os bastidores da moda, e na trama ela decide escrever u novo livro. No decorrer dos capítulos conhecemos o passado de Roxana - que convenhamos, o pessoinha ruim! - e sabemos que ela no passado possuiu uma ligação com Cristiano, ela o amava mas seu gênio ruim não permitiu uma aproximação. Logo em seguida ela cai na própria cilada que armou - mas esse será nosso primeiro segredo que eu não vou contar é claro.
     A mando de uma pessoa que no começo é misteriosa, mas depois sabemos que é o pai de Cristiano, Roxana começa a investigar esse caso que ainda não foi solucionado. E a cada vez que ela mais mexe no vespeiro mais se torna parte dele até que acaba se envolvendo.
     O livro se divide em quatro partes, a primeira que fala sobre a Roxana, nossa narradora; a segunda parte que fala sobre Barbara; a terceira parte fala sobre Cristiano e a quarta e última trata o julgamento do caso.
      Descobrimos na parte de Barbara o seu passado. Ela aos doze anos engravidou de um namorado de infância, sua família era desestruturada com uma mãe drogada e um pai alcoólatra, seus irmãos era tudo o que ela tinha. Porém, a família mais respeitada de Santa Leocádia, os Leonardi, com pena e ambição adotaram a moça. Sim, ambição. Por ambição que Dinorá Leonardi tinha no bebê que Barbara gerava, ela não podia ter filhos e por isso quis a criança convencendo seu marido Fernando a concordar com a adoção.  Mas Barbara perdeu a criança. E neste ponto surge a parte mais suja da história, aos doze anos de novo Barbara deu a luz a uma segunda criança, mas esta é fruto de um estupro. Fernando Leonardi estuprou Barbara.
     O filho gerado dessa violência se chamou Evandro, e por muitas vezes Barbara pediu ajuda para fugir dali mas ninguém a ajudou. Foi aqui que ela perdeu todo o pudor; fez o maior inferno que a Família Leonardi ja pode viver, tomando deles o quanto pode em dinheiro, mas sempre rejeitou o filho. Quando se casou com Cristiano teve mais um filho, este teve o nome de Mateus e era seu filho amado, o que deixou Evandro muito ciumento.  Porém, como eu ja havia dito, Barbara perdeu totalmente o pudor, se envolveu com um fazendeiro mais rico que o seu marido, Frederique Alburquerque.
     Aqui já podemos perceber o quanto de suspeitos pode aparecer, e as teses começam a ser feitas. Roxana vai ao encontro de todos eles para tentar ao máximo conseguir detalhes sobre o caso. Vale ressaltar que a autora deu uma gama de detalhes enriquecendo a história, mas esses detalhes algumas vezes confundem e temos que voltar a alguma parte para fixar o link.
       No decorrer dos capítulos, conhecemos a história de Cristiano. Várias histórias contam sobre o desaparecimento dele no acidente, até mesmo dizem que ele foi arrebatado e por isso nunca acharam o corpo ou vestígio do mesmo. A verdade é que esse tempo todo ele esteve escondido em sua casa para tentar descobrir quem era sua esposa e tentar proteger seu filho Mateus já que o assassino esteve muito perto dele. Mateus foi quem achou o corpo da sua mãe, mas sofreu uma batida na cabeça do assassino; sua avó Dinorá não o permitiu falar com a polícia ja que desde o início ela sabe quem matou Barbara.
       No decorrer da história, surge a irmã de Roxana que era muito parecida com Barbara,  e que a mesma começa a aterrorizar a família Leonardi como se fosse o fantasma de Barbara. Teremos mais alguns segredos a ser revelados mas eu também não vou falar, chamem-me de malvada.
       Toda a história é cheia de suspense e eu em algumas parte fiquei aterrorizada. É muito forte a ideia de tornar a história em realidade. 
       Bem quase no final do livro, descobrimos toda a verdade. Barbara havia tramado um plano para matar o marido e armado todas as evidências o acusaram de sua morte. Só que o que ela não contava é que realmente ia morrer e pela mãos de quem ela nunca deveria ter tratado mal.  Barbara é um verdadeiro monstro, mas teve os motivos para tal.
     Falando do final, temos a jogada mais que perfeita de Agatha Christie na história, quando eu acreditava que já tinha desvendado o crime eis que surge a reviravolta e eu digo a todos vocês, jamais iria acertar. Sabe por quê? É impensável imaginar que o assassino estaria todo o tempo junto a família e principalmente não era louco, apenas desequilibrado. Como eu sou malvada, não vou dizer quem é o assassino e nem falar o desfecho da história. Há outros personagens que prefiro não revelar para que vocês possam desfrutar melhor a história. Conheçam essa trama de suma inteligência!!!
    
 
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário