sábado, 24 de junho de 2017

A caçada de Goya - Karinna Pimenta

Olá amores, como vão?

Hoje temos uma resenha do gênero fantasia, da minha querida autora Karinna Pimenta. Esse livro foi lançado pela editora portuguesa Chiado, e o mais engraçado é que esses dias eu venho lendo muitos livros dela!


Tenho vários motivos para indicar esse livro à vocês mas enumerei uns antes de fazer a resenha:

1. É do gênero fantasia, como muitos seguidores me pedem sobre algo do gênero aqui está uma boa pedida.

2. Tem cenários paradisíacos que te fazem usar e abusar a imaginação, acreditem a escrita da autora nos faz viajar para os lugares descritos.

3. Confrontos épicos, você chaga a prender a respiração! Acredito que nunca li paginas tão rapidamente como fiz com esse livro! Nem os da Agatha Christie.

4. Tem muita mais muita aventura, o que faz do livro tão suave e ao mesmo tempo tão divertido!

   
 
    Tudo começa com um sonho, nossa heroína Gaia, se vê em um mundo totalmente diferente ao qual ela vivia. Dias e dias sonhando sempre com a mesma coisa, traz tormento e confusão para nossa pré-adolescente que até então vivia com sua mãe confortavelmente em Minas. Saindo de sua vida tranquila, Gaia é jogada em uma realidade totalmente diferente a qual estava acostumada; o monstro que lhe atormentava agora era real e tinha uma fisionomia, mesmo que disforme e destruída. Ela estava diante de um Leão Negro, O Thórum.

    A mãe de Gaia, Eme, ao vê sua filha que era tranquila ser atormentada por terríveis pesadelos não pode contar com ninguém, pois Gaia era órfã de pai. Ela não vê outra solução a não ser levar a filha para o Vale do Sol, morada de Tiámorê, o lugar mais seguro que conhece, pois sabia que os sonhos eram reais e algo estava para acontecer. Embora nenhum lugar seja seguro para Gaia, ela está prestes a descobrir a sua verdadeira origem.

   No decorrer dos capítulos, as origens são descobertas e a herdeira do simbio imortal precisava enfrentar o perigo maior que ameaçava a destruir junto com todo o seu povo, os Goya.
  

    Mas deve está tudo confuso para vocês, quem são os Goya? Goya não é apenas o povo que vive em Vallejabor, que possui essência animal (lobo, leão ou águia), dons e uma profecia. Goya, são aqueles que possuem o livre-arbítrio de escolher a luz ou a escuridão (o bem e o mal) e que dão a vida e a coragem para salvar os seus. E é esse o povo de Gaia, uma jovem menina que nasceu com o símbio, a marca da imortalidade. É por eles que Gaia deve lutar... E a caçada vai começar...  


Um livro repleto de magia e o melhor a autora diz que foi inspirada nas histórias dos Imortais do Himalaia!

 Elementos físicos: A capa, sem comentários de tão maravilhosa que é! Amei a seleção de cores combina com o ritmo da história. A escrita é de fácil compreensão, porém os detalhes poderiam ser maiores. A diagramação é simples e a fonte grande são confortáveis, o papel usado na edição é poroso e a sensação é deliciosa ao toque.  Então amores, por hoje é só. Espero que tenham gostado da resenha e este livro está a venda na Amazon e Saraiva.  
 
 


Agradeço a autora pela confiança e por todo o carinho!!
Lembrando que o contato da autora está na aba autores parceiros.

 

  

 

 
 

 
 
 


2 comentários: